skip to Main Content
chia

Sabemos que uma alimentação saudável é importante para que tenhamos uma vida boa e longeva. Dessa forma, apostar nos alimentos corretos pode acabar se tornando uma boa opção. Entre as diversas possibilidades está a chia, uma semente que promete inúmeras vantagens para a saúde. Além disso, é riquíssima em nutrientes e pode ser um aliado da dieta.

Por isso, o Blog da UnicPharma traz tudo sobre essa semente incrível!

O que é a chia?

A chia é uma semente, encontrada no sul do México. Dessa forma, assim como já dito, ela oferece inúmeras vantagens. Afinal, é rica em nutrientes. Ou seja, consegue proporcionar diversos benefícios para o organismo, como saciedade e um melhor trânsito intestinal. O recomendado é uma porção diária de 25 gramas, equivalente a uma colher de sobremesa.

Contudo, necessita-se cuidado caso passe um pouco da recomendação. Apesar de não haver grandes problemas, é importante não exagerar. Dessa forma, além de manter a dieta equilibrada, a chia é calórica. Ou seja, pode trazer um efeito rebote.

Benefícios da chia!

Assim como dissemos, a chia tem inúmeras vantagens para quem o consome. Dessa maneira, confira os principais:

Saciedade

Você já sabe que a chia é rica em fibras, certo? Estas ajudam a regular o trânsito intestinal. Dessa forma, evitam ou até mesmo tratam a prisão de ventre. Além disso, como a semente entra em contato com líquido, que fica no interior do estômago, formando uma espécie de gel que dilata no estômago, proporciona a saciedade e também ajuda no emagrecimento.

Fonte de Ômega 3

O ômega 3 é fundamental para o organismo. Dessa forma, a chia pode acabar sendo ótima para isso. Afinal, a semente possui mais de 400% da nossa necessidade diária do ômega 3. Assim, de acordo com nutricionistas, cerca de 100 gramas de semente de chia contam com oito vezes mais ômega 3 que um pedaço médio de salmão, conhecido por ser rico nesse nutriente.

Essa gordura, considerada do “bem”, é responsável por afastar as doenças cardiovasculares. Dessa maneira, reduz a formação de coágulos sanguíneos e até mesmo arritmias. Além disso, esse nutriente diminui o colesterol, que ficam circulando no sangue, e também aumenta a sensibilidade à insulina. Assim, o ômega 3 consegue ainda ajudar na regulação da pressão dos vasos sanguíneos, pois faz com que a fluidez sanguínea aumente. Ou seja, evita o aumento da pressão arterial. Por fim, esse nutriente fortalece o sistema neurológico, evitando a depressão e a absorção dos nutrientes.

Benefícios do ômega-3

  • Afasta doenças cardiovasculares;
  • Diminui o colesterol;
  • Aumenta sensibilidade à insulina;
  • Regulação dos vasos sanguíneos;
  • Aumenta a fluidez sanguínea;
  • Evita o aumento da pressão arterial;
  • Evita a depressão.

Fonte de cálcio

Pessoas intolerantes à lactose entendem a dificuldade de encontrar uma fonte de cálcio segura. Dessa maneira, a chia também pode acabar sendo boa. Afinal, 100 gramas da semente (cerca de sete colheres de sopa) são uma riquíssima fonte e tem seis vezes mais cálcio que meio copo de leite integral. O cálcio vai ajudar na formação da massa óssea, evitando a osteoporose. Assim, se torna uma boa pedida para quem busca esse nutriente.

Rico em ferro

Você não gosta de espinafre ou qualquer um daqueles vegetais verdes fortes? Pois então… Eles são ricos em ferro e combatem anemia e quaisquer outras doenças ligadas à falta de ferro no corpo. Dessa forma, para ingerir boas quantidades deste nutriente, a chia pode acabar sendo sua melhor amiga. Afinal, 100 gramas da semente conseguem fornecer três vezes mais ferro que a mesma quantidade de espinafre, por exemplo.

Boa aliada para os músculos

Sabemos que quem faz atividade física, precisa de uma fonte de proteínas para a reconstrução muscular. Dessa maneira, a chia pode se tornar uma verdadeira amiga. Isso porque a semente contém proteína em sua composição em uma boa quantidade. Assim sendo, a sua superdose ajuda na manutenção de massa muscular. Ou seja, fornece mais energia para as células nervosas. Além disso, pode acabar complementando as necessidades proteicas.

Magnésio

O magnésio é um nutriente fundamental para o funcionalmente pleno do nosso cérebro e suas ligações cognitivas. Dessa maneira, esse nutriente também se faz presente nas sementes de chia, podendo ser, inclusive, uma maior fonte de magnésio que o brócolis, por exemplo.

Rica em vitaminas

A vitamina A é uma ótima pedida para quem quer melhorar a saúde dos olhos. Dessa maneira, além de melhorar o sistema imunológico, a chia consegue proteger a pele e os olhos contra o processo de envelhecimento. Assim sendo, a semente, em sua porção diária, conta com cerca de 20% das nossas necessidades dessa vitamina.

Além da vitamina A, a semente de chia também conta, em sua composição, com a niacina, a tiamina e a riboflavina, que são vitaminas do complexo B. Dessa maneira, essas se fazem fundamentais para o bom funcionamento do sistema nervoso, além de também auxiliar no metabolismo das células. Assim, então, faz com que o nosso organismo, de maneira total, acabe funcionando melhor. O consumo da semente traz boas quantidades diárias da vitamina B.

Inimiga das câimbras

Sabemos que a banana é ótima para quem sofre com as dores das câimbras, certo? Porém, a semente também pode acabar ajudando nesses casos. Afinal, o nutriente tem uma grande participação na ação muscular. Dessa maneira, se faz fundamental para quem pratica exercícios físicos todos os dias. Para quem quer melhores resultados, é possível consumir banana e chia juntos, o que garantirá potássio de sobra para a atividade física.

Propriedades antioxidantes

As propriedades antioxidantes são fundamentais para o nosso organismo. E isso você consegue encontrar na chia. A semente conta com ácido cafeico e ácido clorogênico, que ajudam a neutralizar os radicais livres. Dessa maneira, combate o envelhecimento celular, além de prevenir o nosso organismo contra muitas doenças, como o câncer, por exemplo.

Manganês, zinco e cobre? Aposte na chia!

A semente de chia, assim como dissemos em inúmeras opções, é rica em diversos nutrientes. Dessa maneira, entre estes, está o manganês, que participa da síntese de várias reações enzimáticas. Além disso, estimula o crescimento dos ossos e também do tecido conjuntivo.

Da mesma maneira, a chia ajuda na imunidade, paladar, olfato e visão. Isso acontece por conta da sua riqueza em zinco, que ajuda a promover a liberação do hormônio do crescimento e até mesmo na formação de colágeno. Por fim, a semente conta com uma quantidade potente de cobra, que facilita a absorção do ferro. Além disso, acaba sendo catalisador na formação da hemoglobina, melhora imunidade e ajuda na formação de elastina e colágeno.

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.