skip to Main Content
colesterol

Você sabia que o colesterol é uma das coisas mais importante de cuidamos? Afinal, quando muito elevado os níveis de colesterol do sangue, vários problemas de saúde podem acabar surgindo. Dessa forma, existem diversos remédios e dicas para diminuir o colesterol alto.

Assim, os remédios caseiros para baixar o colesterol contam com importantes compostos, como fibras, ômega 3 e antioxidantes. Dessa forma, alimentos como alcachofra, sementes de linhaça e a água de alho, por exemplo, ajudam a reduzir a absorção de gordura. Com isso, aumenta a sua excreção nas fezes ou evitando a sua oxidação. Assim, então, diminui-se os níveis de colesterol no sangue.

Por isso, o Blog da UnicPharma separou as melhores dicas para manter o colesterol baixo.

O que é o colesterol?

Afinal, o colesterol é uma substância gordurosa, esbranquiçada e sem odor. Ele também não pode ser visto nem percebido no sabor dos alimentos. Assim, os principais tipos de colesterol são o colesterol bom (HDL), que precisa estar acima de 60 mg/dL, e o colesterol ruim (LDL), que precisa estar abaixo de 130 mg/dL. Dessa maneira, se faz importante fazer exames regulares, a fim de cuidar bem, evitando problemas.

Os tipos de colesterol

Assim como dito, é importante consultar com um médico. Isso porque existem três valores a serem avaliados e isso pode acabar confundindo você. Dessa maneira, o primeiro é o colesterol total, que indica a quantidade total do colesterol no sangue. Logo, equivale a quantidade de colesterol HDL + LDL + VLDL. Enquanto isso, os outros dois acabam sendo:

  • Colesterol HDL: conhecido como o tipo “bom” de colesterol, fica ligado com uma proteína que o transporta do sangue para o fígado. Dessa forma, acaba sendo eliminado nas fezes, caso esteja em excesso;
  • Colesterol LDL: conhecido como o popular colesterol “ruim”, fica ligado a uma proteína. Esta o transporta do fígado para as células e veias. Assim, acaba se acumulando e pode causar problemas cardiovasculares.

Dessa maneira, quanto maior o valor de HDL e menor o valor de LDL, menor será o risco de ter um problema cardiovascular.

Dieta para baixar o colesterol

Além de buscar uma alimentação saudável, é importante ter uma rotina de exercícios. Dessa maneira, para uma boa alimentação, a dieta deve ser pobre em gordura, principalmente as saturadas e gorduras trans. Além disso, evite açúcares. Com isso, acaba sendo a melhor forma para que a circulação sanguínea fique melhor, além de reduzir o risco de acumular gordura no sangue, evitando infarto e AVC.

Assim também, aumento o seu consumo de vegetais, frutas e alimentos integrais. Estes acabam sendo boas opções por conta das fibras, que ajudam a controlar os níveis de colesterol no sangue, por conta da diminuição a nível intestinal. Além disso, aposte em algum tipo de atividade física, pelo menos três vezes por semana. Isso é ótimo, porque favorece a perda de peso e aumento da massa muscular.

Alimentos recomendados

Os alimentos que devem ser incluídos na alimentação para diminuir a quantidade de colesterol são:

  • Alimentos ricos em fibras, devendo dar preferência ao consumo de aveia, pão integral, arroz integral, macarrão integral e farinhas integrais como a farinha de alfarroba, de amêndoas e de trigo sarraceno, por exemplo;
  • Frutas e vegetais, de preferência crus e com casca para aumentar a quantidade de fibra. Assim, estas devem ser consumida 3 a 5 porções desses alimentos por dia;
  • Aumentar o consumo de leguminosas, como feijão, grão de bico, lentilhas e soja, devendo consumir 2 vezes por semana;
  • Frutos secos como nozes, amêndoas, castanha do Pará e amendoim. Dessa maneira, além de fornecer fibras para o organismo, estas também são ricas em gordura monoinsaturadas e polisaturadas. As duas favorecem o aumento do colesterol bom, o HDL. É importante que sejam consumidas pequenas quantidades diariamente, já que o seu aporte calórico é alto;
  • Leite e derivados lácteos desnatados, devendo dar preferência a queijos brancos baixos em gordura e iogurte natural sem açúcar;
  • Carnes brancas como frango, peixe e peru.

Além disso, os consuma cozidos ou ao vapor. Assim também, evite frituras, guisados, temperos prontos e molhos. Dessa maneira, para dar sabor às comidas, aposte em temperos naturais. Alecrim, orégano, coentro ou salsa são boas opções. Não se esqueça de beber cerca de 2,5 L de água por dia e realizar 3 refeições principais e 2 lanches, pois assim é possível também controlar o peso.

O que evitar?

Alguns alimentos que favorecem o aumento do colesterol mau (LDL) por serem ricos em gorduras saturadas, trans e/ ou açúcares são:

  • Vísceras dos animais, como fígado, rins e coração;
  • Embutidos como salsichas, chouriço, bacon, salame e presunto;
  • Carnes vermelhas ricas em gordura;
  • Leite integral, iogurte com açúcar, manteiga e margarina;
  • Queijos amarelos e cream cheese;
  • Molhos tipo ketchup, maionese, aioli, barbecue, entre outros.
  • Óleos e frituras em geral;
  • Comidas processadas ou congeladas e do tipo fast-food;
  • Bebidas alcoólicas.

Além disso, alimentos ricos em açúcar como os bolos, biscoitos e chocolates também não devem ser consumidos. Dessa maneira, isso é uma boa opção de reduzir o consumo. Afinal, o excesso de açúcar fica acumulado em forma de gordura e favorece a produção de colesterol no fígado.

Dra. Angela A. Benicio de Lima

Farmacêutica, Bioquímica e Nutricionista

  • Graduanda em farmácia estética
  • Pós graduação em farmácia clínica e atenção Farmacêutica
  • Pós graduação em fitoterapia clínica
  • Formada em nutrição
  • Atua como farmacêutica há mais de 10 anos no mercado
    magistral, Com Inscrição no Conselho Regional de Farmácia N.46216

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.