skip to Main Content
medicamentos manipulados o que são

Seja por motivo de doença, pela procura por um creme novo ou por um suplemento de alguma vitamina, é cada vez mais comum buscarmos novas fórmulas, remédios, medicamentos manipulados e tratamentos para nossos problemas diários.

Por conta disso, a procura por medicamentos que atendam nossas expectativas e caibam no nosso bolso cresce cada vez mais, e é aí que entram as farmácias de manipulação.

Cada vez mais comuns de encontrar, as farmácias de manipulação são a melhor opção para quem quer produtos personalizados e de alta qualidade.

Medicamentos manipulados são fórmulas produzidas a partir de pedidos médicos ou das necessidades de cada cliente, de maneira a tratar o problema e ainda oferecer benefícios.

Acompanhe o conteúdo a seguir e aprenda mais sobre o assunto!

Conheça os melhores manipulados da UnicPharma e potencialize seu processo de ganho de massa muscular!

O que são medicamentos manipulados?

Remédios manipulados são aqueles fabricados em farmácias de manipulação, a partir de uma receita médica com doses individuais, seguindo as necessidades de cada indivíduo.

Tais medicamentos são feitos diretamente na farmácia de manipulação, onde o farmacêutico se baseia em fórmulas padronizadas certificadas pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) ou na prescrição de um médico.

Isso porque, podem haver alterações na fórmula ou na concentração do medicamento.

Os manipulados podem ser usados para diversas finalidades, como tratamento de doenças, suplementação alimentar ou fins estéticos.

Na prática, oferecem mais vantagens que os remédios industrializados, pois seu princípio ativo está contido em quantidades individualizadas, de acordo com o objetivo de uso.

Manipulado X industrializado: Quais as diferenças?

Sempre surge aquela dúvida, afinal qual a diferença entre medicamento manipulado e industrializado?

A principal diferença entre os dois é que o manipulado é produzido de maneira individualizada, ou seja, a fórmula é diferente para cada pessoa, e o industrializado é fabricado em larga escala, independente do consumidor.

Diferente dos industrializados, que são produzidos em fábricas de grande porte, medicamentos manipulados são feitos por farmacêuticos nas próprias farmácias de manipulação.

Grande parte dos medicamentos podem ser manipulados, mas não é possível manipular alguns devido à falta de máquinas e equipamentos ou quando as fórmulas dos medicamentos manipulados são protegidas por patente.

Quais medicamentos manipulados mais comercializados no Brasil?

medicamentos manipulados mais comercializados no brasil

A procura por remédios manipulados vem crescendo bastante em território brasileiro. Isso ocorre porque é possível reunir componentes diferentes em um só composto, além de permitir a fabricação de uma dose mais individualizada.

Entre os 20 ativos mais presentes em receitas manipuladas, 8 são voltados para o emagrecimento, agindo diretamente na perda de peso. Confira a lista de medicamentos manipulados mais vendidos no Brasil:

  • ORLISTATE (emagrecedor);
  • BUPROPIONA (antidepressivo);
  • TOPIRAMATO (anticonvulsivante);
  • FAMOTIDINA ( atua contra úlceras gástricas);
  • CÁSCARA SAGRADA (fitoterápico);
  • FLUOXETINA (antidepressivo);
  • BIOTINA ( suplemento vitamínico);
  • FUROSEMIDA (diurético);
  • FASEOLAMINA (emagrecedor);
  • CASSIOLAMINA (emagrecedor);
  • ALOÍNA (fitoterápico);
  • ALFA BISABOLOL (fitoterápico);
  • COENZIMA Q10 (suplemento alimentar);
  • MOROSIL (fitoterápico indicado para perda de peso);
  • GARCINIA (fitoterápico).

8 Benefícios dos medicamentos manipulados

Quando pensamos em medicamentos manipulados, sempre fica aquela dúvida: vale mais a pena em comparação ao industrializado? Quais as vantagens dos medicamentos manipulados? Os manipulados são feitos sob medida para o que a pessoa precisa.

Se ela necessita de um remédio para alergia, por exemplo, o farmacêutico vai manipular a quantidade certa de medicação para o número de dias necessários.

Dessa forma, evita-se a automedicação e, ainda, pode ser produzido na melhor forma de consumo para o cliente, sejam pílulas, cápsulas, shakes, cremes etc.

Outros benefícios são o baixo custo em comparação ao industrializado e mais segurança, já que produtos manipulados vêm com um laudo que informa os componentes utilizados.

Há também a opção de produzir um único medicamento a partir de todos os outros que o paciente precisa utilizar. Dessa maneira, em vez de tomar vários remédios ele toma um só. Veja mais abaixo outras vantagens desses medicamentos.

1. Economia

Remédios manipulados geram menos gastos ao paciente, já que costumam ser prescritos na quantidade exata em que o paciente precisa. Assim, evitam-se sobras e desperdícios, reduzindo os custos com o tratamento.

Também pode-se conseguir a diminuição nos custos da manipulação em si, uma vez que os remédios são fabricados de forma individual, ao contrário dos medicamentos industrializados, que são feitos em larga escala.

2. Segurança

Farmácias de manipulação de credibilidade no mercado seguem as normas de Boas Práticas de Manipulação, estabelecidas pela ANVISA.

Todo procedimento que envolve a manipulação de algum remédio, precisa atender às resoluções e regras rigorosamente, a fim de garantir a fabricação de uma medicação segura e eficaz para o público.

Nesse contexto, a produção de manipulados é monitorada, desde a aquisição da matéria-prima, embalagens usadas, transporte e armazenamento, até o envio para o consumidor.

3. Personalização

Conforme citamos por aqui, os manipulados são feitos exclusivamente para cada indivíduo, seguindo as prescrições enviadas pelo profissional de saúde.

Para garantir que os remédios cheguem aos destinatários corretos, as embalagens são etiquetadas com o nome do usuário, evitando o consumo indevido por outros pacientes.

4. Associação de medicamentos

Outra vantagem da manipulação de remédios é que essa abordagem facilita o médico a associar substâncias que tratam necessidades diferentes, em um único composto.

Essa é uma forma de tornar a adesão do paciente ao tratamento mais simples, ajudando a atingir os resultados desejados.

Do ponto de vista do consumidor, há maior comodidade na administração do remédio, já que, em vez de precisar ingerir inúmeros medicamentos, pode-se ter em mãos uma única formulação, o que gera ótimo custo-benefício.

5. Tratamento sob medida

O profissional da saúde pode sugerir ao paciente um tratamento exclusivo, totalmente adaptado às suas necessidades. Afinal, um mesmo medicamento pode não agir de forma semelhante em indivíduos diferentes.

6. Atenção farmacêutica

Outro benefício é que os farmacêuticos assumem um papel que vai além da dispensa de medicamentos.

Sempre que necessário, o médico prescritor e o farmacêutico conversam para esclarecer dúvidas e outros pontos essenciais, a fim de garantir um remédio altamente eficaz e seguro.

Também há total assistência ao paciente, de modo que eles conseguem obter todas as informações relacionadas à sua receita e tratamento.

7. Disponibilidade de ativos

As farmácias de manipulação podem disponibilizar aos pacientes, substâncias que já foram retiradas do mercado por fatores diversos, seja temporariamente ou definitivamente.

Assim, o indivíduo consegue dar continuidade ao seu tratamento por meio da manipulação, evitando a interrupção brusca, que pode agravar seu estado de saúde.

8. Meio ambiente

Em um contexto no qual se fala tanto de preservação ambiental, é indispensável pensar nos cuidados com o descarte de resíduos na natureza. Assim, a farmácia de manipulação contribui ativamente, evitando o desperdício de remédios.

O produto manipulado é fabricado com a dosagem exata para o tratamento prescrito. Com isso, dificilmente haverá sobras e, consequentemente, o descarte incorreto de medicamentos na natureza.

Por que escolher os medicamentos manipulados?

medicamentos manipulados porque escolher

Farmácias de manipulação possibilita o alcance de inúmeros ramos da medicina, atuando na Dermatologia, Endocrinologia, Geriatria, Cardiologia, Ginecologia, Ortopedia, Nutrição, Medicina Esportiva, entre outras.

Dissemos nos tópicos acima que esse método de fabricação permite a união de mais de uma substância em um único composto. A partir disso, o tratamento se torna mais econômico e eficaz para o paciente.

Além disso, os manipulados conseguem focar em combater somente enfermidades ou tratar pontos específicos do organismo, sem afetar outras áreas e órgãos do organismo.

No processo de fabricação, todas as etapas são monitoradas de modo controlado, pois os profissionais acompanham cada estágio da produção, garantindo a qualidade do produto.

Para que você entenda melhor esse procedimento, assim que a receita é orçada e aprovada, ocorre uma conferência geral das dosagens e possíveis incompatibilidades, para, em seguida, partir para o laboratório e ser produzida.

Feito isso, o medicamento passa pelo controle de qualidade, depois para a conferência final, onde recebe a etiqueta e embalagem antes de chegar ao paciente.

É válido ressaltar que todos os insumos usados na manipulação também são rigorosamente avaliados. Os fornecedores devem ser qualificados e cada substância precisa ter um laudo de análise de controle de qualidade satisfatório, bem como referências do produto.

Em suma, podemos dizer que existem diversas razões para investir nos remédios manipulados. A principal delas é que esse processo visa proporcionar uma ligação harmoniosa entre o médico e o paciente, a fim de alcançar o bem-estar e a saúde.

Como saber se o manipulado é confiável?

Como você viu por aqui, um manipulado confiável deve ser produzido por uma farmácia certificada, autorizada pela ANVISA e com um rigoroso controle de qualidade.

Para garantir a eficácia do remédio, ele deve ser fabricado por um farmacêutico capacitado, em seguida testado por outro profissional, a fim de apresentar um parecer técnico não enviesado.

No caso do paciente, assim que receber o medicamento, deve-se conferir o rótulo e a fórmula para verificar se são iguais ao que consta na receita.

Também é importante analisar se os dados pessoais estão corretos, se existem orientações de uso, nome e registro do médico, data de manipulação, além do nome e registro do farmacêutico responsável.

Quando iniciar o uso, o indivíduo deve prestar atenção se os efeitos indicados pelo médico estão, de fato, acontecendo.

Caso isso não aconteça, é necessário comunicar ao prescritor para que seja feita uma nova avaliação, a fim de identificar se a fórmula está correta, se será preciso mudar a dosagem ou se deverá ser fabricado outro manipulado.

Quem pode se beneficiar do uso de manipulados?

medicamentos manipulados quem pode se beneficiar

Pacientes de todas as idades, bem como animais, podem utilizar medicamentos manipulados. Em alguns casos, o consumo de remédios manipulados geram benefícios específicos, como:

  • indivíduos que possuem qualquer alergia a algum componente da formulação de remédios industrializados;
  • pessoas que demonstram dificuldades em engolir determinadas formas farmacêuticas, como crianças e idosos;
  • pacientes que precisam ajustar a dose do medicamento;
  • indivíduos, como animais de estimação ou crianças, que precisam de remédios mais palatáveis e atrativos;
  • sempre que há a necessidade de associar substâncias que não estão mais disponíveis no mercado;
  • aqueles que visam um melhor custo benefício, já que a formulação é feita conforme o tempo de tratamento.

Quais ativos podem ser associados aos manipulados?

Qualquer remédio pode ser feito de modo manipulado, desde que haja os insumos e ferramentas necessários para fabricar o medicamento.

Normalmente, a indústria utiliza IFAs (Insumos Farmacêuticos Ativos) sintéticos, ao passo que as farmácias magistrais (de manipulação) podem usar na formulação insumos de origem natural, como extratos vegetais.

Entretanto, cada insumo tem suas particularidades no modo de aplicação e nas regras a serem seguidas para a fabricação. Veja uma lista com os insumos mais utilizados no manipulados:

  • Aminoácidos: usados em formulações que visam suplementar esse nutriente;
  • Dermocosméticos: usados em formulações de uso tópico, que visam a melhora do aspecto da pele ou o tratamento de condições dermatológicas (acne, flacidez etc.);
  • Enzimas: proteínas de origem natural, usadas em formulações com o intuito de facilitar diferentes reações bioquímicas, contribuindo para o manejos de condições clínicas diversas;
  • Farmacêuticos: substâncias químicas ativas que possuem efeitos terapêuticos específicos, usados somente via prescrição médica;
  • Extratos vegetais: extraído de plantas medicinais, que podem ser padronizados como marcadores de bioativos;
  • Nutracêuticos: bioativos presentes em alimentos, que promovem inúmeros benefícios à saúde, além de reduzir os risco de desenvolvimento de doenças;
  • Hormônios: substâncias químicas produzidas por células, usadas nas formulações em prescrições que visam repor tais substâncias em casos de deficiência;
  • Probióticos: microorganismos vivos que, em quantidades corretas, promovem benefícios à saúde;
  • Paraprobióticos: fragmentos celulares de probióticos não viáveis, inativadas, que podem oferecer benefícios para a saúde;
  • Vitaminas e minerais: micronutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo, usadas quando há a necessidade de reposição dessas substâncias;
  • Cápsulas oleosas: ativos de carácter lipofílico, encapsulados e comercializados a granel.

Como manipular?

medicamentos manipulados: como manipular

Produtos como cremes, chás, shakes ou suplementos produzidos a partir de componentes naturais não precisam de indicação médica, mas é sempre bom consultar um especialista antes de fazer uso.

Após o pedido, o farmacêutico inicia a preparação de medicamentos manipulados corretamente para cada pessoa com dosagem e quantidade corretas, e o rótulo vem com o nome da pessoa que vai consumi-lo.

Independentemente do tratamento, qualquer pessoa pode fazer uso de medicamentos manipulados.

Caso ainda tenha dúvidas sobre o assunto, procure um médico ou um farmacêutico para que possam te indicar os melhores produtos e fórmulas para seu problema.

Confira os manipulados para aumentar a massa muscular da UnicPharma e acelere seu ganho de massa magra com saúde!

Conclusão

Essas foram as nossas informações sobre os medicamentos manipulados que trouxemos para você. Segundo alguns dados que te mostramos, você pode notar que os manipulados mais consumidos no Brasil são aqueles voltados para emagrecer.

Contudo, é importante o alerta: os remédios manipulados em si não surtem efeitos duradouros no processo de emagrecimento, caso o indivíduo não modifique seus hábitos.

Uma pessoa com sobrepeso, que come por ansiedade, dorme mal e não se exercita, voltará a engordar assim que interromper o tratamento com o manipulado, caso não mude seu estilo de vida.

 

This Post Has One Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.