skip to Main Content
espinhas

As espinhas podem ser verdadeiros problemas. Você sabia que os alimentos podem influenciar no seu aparecimento (ou até mesmo no sumiço delas)? Assim, com uma alimentação saudável e uma rotina de exercícios físicos, é possível eliminar elas de vez da sua vida.

Por isso, o Blog da UnicPharma separou tudo sobre esse assunto para você. Confira!

Evite!

Deve-se evitar alimentos ricos em açúcares e gorduras saturadas, pois isso favorece a inflamação da pele e a produção de sebo. Assim, promove o aparecimento das espinhas.

Os alimentos que causam espinhas são:

  • Alimentos ricos em açúcar, como bolos, biscoitos e sobremesas;
  • Alimentos pobres em fibras, como arroz branco, pão, batata sem pele e farinha de trigo;
  • Leite desnatado, semidesnatado ou integral e seus derivados, como queijos e iogurtes com açúcar;
  • Alimentos ricos em gordura saturada, como carnes gordurosas, frituras em geral, embutidos, comidas prontas, nuggets, pizzas, lasanha congelada, molhos, manteiga e margarina;
  • Chocolate.

No caso dos carboidratos, o consumo excessivo de açúcares, leite e seus derivados ou carboidratos com baixo teor de fibras, favorecem o aumento do açúcar no sangue, resultando na elevação da insulina. Dessa maneira, isso promove um descontrole nos níveis de androgênios no organismo e da globulina de ligação dos hormônios sexuais, aumentando a produção de sebo.

Além disso, os compostos esteroides presentes no leite (andrógenos) contribuem para o aumento da oleosidade da pele e, consequentemente, o desenvolvimento da bactéria nos folículos pilosos. No caso dos alimentos ricos em gordura, há também, como consequência, uma maior produção de sebo por parte das glândulas sebáceas, favorecendo o surgimento das espinhas.

O que fazer para evitar as espinhas?

A alimentação para eliminar as espinhas deve incluir alimentos ricos em fibras, como pêssego, alface, pêra, cenoura, feijão, aveia em flocos e arroz integral, por exemplo, assim como alimentos ricos em ômega-3, como as sementes de linhaça e o salmão.

Além disso, existem outros alimentos com potentes propriedades antioxidantes e cicatrizantes da pele que devem ser incluídos na alimentação do dia a dia, como alimentos ricos em vitamina A, C e E, e minerais como o zinco. Incluir esse alimentos dentro de uma alimentação saudável e equilibrada não só ajudará a prevenir a acne, mas também ajudará a aumentar a eficácia do tratamento indicado pelo dermatologista.

Além de mudanças na alimentação, também é importante a prática de atividade física de forma regular, já que, além de controlar a acne, ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue, a produção hormonal do organismo e a reduzir a oleosidade da pele.

Alimentos que eliminam as espinhas

São inúmeros os alimentos que podem ajudar a evitar com que as espinhas apareçam. Confira!

Fibras

Os alimentos ricos em fibras ajudam a regular o açúcar no sangue, pois estão relacionados com o aumento dos níveis de androgênios e de outros fatores no organismo que aumentam a quantidade e a gravidade da acne. Aposte em:

  • Arroz integral;
  • Macarrão integral;
  • Pão de trigo integral
  • Quinoa;
  • Aveia em flocos;
  • Farelo de trigo e farelo de aveia
  • Farinha de centeio;
  • Bolacha de água e sal integral
  • Sementes (chia, abóbora e girassol)
  • Lentilha, feijão, grão de bico e soja;
  • Frutos secos;
  • Frutas e vegetais em geral.

Gorduras boas e Ômega 3

O ômega 3, especialmente o DHA, é um tipo de gordura monoinsaturada que forma parte das células da pele e é responsável pela a saúde da membrana celular, mantendo a pele saudável, hidratada e flexível. Além disso, também possui propriedades anti-inflamatórias que ajudam a diminuir a inflamação da pele e a melhorar as lesões provocadas pela acne.

Além do ômega 3, as gorduras poli-insaturadas e outras gorduras monoinsaturadas também possuem propriedades anti-inflamatórias que ajudam a combater a acne. Aposte em:

  • Sardinha;
  • Atum;
  • Truta;
  • Salmão;
  • Óleo de linhaça;
  • Sementes de linhaça;
  • Azeite de oliva;
  • Abacate;
  • Frutos secos;
  • Ostras.

Alimentos ricos em zinco

O zinco é um mineral com propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes, que ajudam a acelerar o processo de cicatrização da pele a evitar que surjam manchas ou cicatrizes de acne. Este mineral pode ser também recomendado na forma de suplementos pelo médico para ajudar a melhorar a acne.

  • Tofu;
  • Ovo;
  • Frutos secos, como avelã, nozes, amêndoas, amendoim, castanha do Pará, castanha de caju, entre outros;
  • Leguminosas, como feijão;
  • Frango, peru e carne de boi, em cortes mais magros e com menos gordura visíveis.

Vitaminas A, C e E

As vitaminas A, C e E são potentes antioxidantes que ajudam a manter a pele saudável. A vitamina E favorece a integridade da pele e melhora a sua firmeza, ajudando a melhorar a sua cicatrização. Além disso, em conjunto com a vitamina A, ajuda a regular a queratinização da pele, processo que em conjunto com a hipersecreção sebácea, gera a acne. Enquanto isso, a vitamina C possui efeitos anti-inflamatórios na pele e favorece a cicatrização das feridas causadas pela acne, além de evitar a hiperpigmentação da pele.

  • Alimentos com vitamina A: cenoura, mamão, espinafre, gema de ovo, manga.
  • Alimentos com vitamina C e E: limão, laranja, brócolis e abacate.

Água

A água é fundamental para que a pele se mantenha hidratada e favoreça o processo de cicatrização, de forma que é recomendado tomar entre 2 a 2,5 litros de água por dia.

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.