skip to Main Content
vitamina k

Já sabemos o quanto as vitaminas são fundamentais para o bom funcionamento do nosso organismo, certo? Cada uma tem uma função incrível e faz com que fiquemos cada vez mais saudáveis. Não muito falada (e às vezes até esquecida), a Vitamina K é ótima por conta de seu papel na coagulação sanguínea e metabolismo ósseo.

Dessa maneira, o Blog da UnicPharma separou tudo sobre essa vitamina!

O que é a Vitamina K?

A vitamina K é uma vitamina lipossolúvel conhecida, principalmente, pelo seu papel na coagulação sanguínea. É encontrada em maior quantidade em vegetais folhosos verde-escuros, como brócolis, espinafre e rúcula. A vitamina K pode ser encontrada nas formas de e filoquinona (K1), dihidrofiloquinona (dK), menaquinona (K2) e menadiona (K3). Dessas formas, são naturais apenas a K1 e a K2. A vitamina K1 está presente, principalmente, em hortaliças e óleos vegetais. Já a vitamina K2 é sintetizada por bactérias presentes no intestino.

As suas funções

A função mais conhecida da vitamina K é, sem dúvida, seu papel na coagulação sanguínea. Além disso, ela interfere na coagulação sanguínea, controlando a síntese de proteínas (fatores de coagulação), importantes para a coagulação sanguínea, controlando sangramentos e favorecendo a cicatrização.

Assim também, essa vitamina também ajuda a melhorar a densidade óssea, pois estimula uma maior fixação do cálcio nos ossos e nos dentes, prevenindo a osteoporose. Dessa maneira, evita hemorragias em bebês prematuros, porque facilita a coagulação do sangue e evita que esses bebês tenham complicações. Por fim, ajuda na saúde dos vasos sanguíneos, deixando-os com maior elasticidade e sem acúmulo de cálcio, o que pode causar problemas como aterosclerose.

É importante lembrar que para a vitamina K contribuir para melhorar a densidade da massa óssea é preciso ter uma boa ingestão de cálcio na dieta, para que esse mineral esteja em quantidade suficiente para fortalecer ossos e dentes.

Alimentos ricos em vitamina K

Os principais alimentos ricos em vitamina K são os vegetais verdes, como brócolis, couve-flor, agrião, rúcula, repolho, alface e espinafre. Além disso, ela também pode ser encontrado em alimentos como nabo, azeite, abacate, ovo e fígado.

Além disso, podem ser encontrados em:

  • Salsa
  • Couve-de-bruxelas cozida
  • Brócolis cozidos
  • Couve-flor crua
  • Acelga cozida
  • Espinafre cru
  • Alface
  • Cenoura crua
  • Rúcula
  • Repolho
  • Aspargos
  • Ovo cozido
  • Abacate
  • Morangos
  • Fígado
  • Frango

Além disso, outra fonte importante de vitamina K são óleos, estando presente, por exemplo, no óleo de soja, oliva e canola. Frutas como abacate, uva, ameixa, figo e kiwi também apresentam quantidades consideráveis de vitamina K. De maneira geral, as carnes apresentam pouca quantidade dessa vitamina, sendo que o fígado pode apresentar quantidades maiores.

Sintomas da carência

A deficiência de vitamina k é uma alteração rara, visto que essa vitamina está presente em diversos alimentos e também é produzida pela flora intestinal, que deve ser saudável para uma boa produção. O principal sintoma da falta da vitamina K é o sangramento difícil de estancar que pode ocorrer na pele, através do nariz, por uma pequena ferida ou no estômago. Além disso, também pode ocorrer enfraquecimento dos ossos. Dessa forma, pessoas que fizeram cirurgia bariátrica ou que tomam medicamentos para reduzir a absorção de gordura no intestino têm uma maior chance de ter deficiência em vitamina K.

A deficiência de vitamina K é mais comum em bebês, especialmente naqueles que são amamentados. A deficiência pode causar sangramento; portanto, todos os recém-nascidos devem receber uma injeção de vitamina K.

O que pode causar?

A deficiência de vitamina K pode ocorrer devido ao seguinte:

  • Falta de vitamina K na dieta;
  • Uma dieta muito baixa em gorduras uma vez que a vitamina K acaba sendo mais bem absorvida quando ingerida com alguma quantidade de gordura;
  • Distúrbios que prejudicam a absorção de gordura e que, portanto, reduzem a absorção da vitamina K (por exemplo, obstrução dos dutos biliares ou fibrose cística);
  • Determinados medicamentos, incluindo anticonvulsivantes, e alguns antibióticos;
  • Consumo de grandes quantidades de óleo mineral, que pode reduzir a absorção de vitamina K.

Dra. Angela A. Benicio de Lima

Farmacêutica, Bioquímica e Nutricionista

  • Graduanda em farmácia estética
  • Pós graduação em farmácia clínica e atenção Farmacêutica
  • Pós graduação em fitoterapia clínica
  • Formada em nutrição
  • Atua como farmacêutica há mais de 10 anos no mercado
    magistral, Com Inscrição no Conselho Regional de Farmácia N.46216

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vitamina K: o que é, onde encontrar e, porque é boa para coagulação sanguínea
Vitamina K: o que é, onde encontrar e, porque é boa para coagulação sanguínea