1196522

Derivados de tomate? Antes de comprar entenda a diferença que eles apresentam

Molho, extrato e polpa de tomate têm uso e sabor variado, saiba escolher

Já pensou na diferença que o extrato, a polpa ou o molho podem fazer pelo seu prato? Muita gente nem se liga nisso, mas esse pequeno detalhe pode fazer muita diferença no gosto final da sua receita. Para te ajudar a entender melhor como usar esses três diferentes estilos de derivados de tomates, conversamos com a nutricionista, Roberta Stella, que nos ofereceu dicas imperdíveis para te ajudar a escolher a melhor opção e deixar suas receitas ainda mais completas e gostosas.

Polpa de Tomate De acordo com a nutricionista, a polpa possui um nível médio de concentração, não contém conservantes e apresenta basicamente açúcar e sal na sua formulação. A polpa, também conhecida como purê de tomate, não apresenta sementes ou pele, além de ser o mais flexível ingrediente dentre os atomatados. É uma ótima opção para quem não abre mão de fazer seu próprio tempero.

Extrato de Tomate É o mais concentrado dos derivados de tomate e também é desenvolvido com açúcar, sal e com a própria polpa de tomate. É perfeito para o preparo de molhos caseiros com pedaços de tomate ou para a aplicação em receitas que levam grande quantidade dessa fruta. Ele também pode ser usado para dar mais cor e sabor para diversos pratos.

Molho de Tomate É perfeito para quem deseja economizar tempo na cozinha, normalmente são apresentados prontos para o consumo e não necessitam de diluição. È elaborado com a polpa de tomate concentrada e pode tanto ser peneirada quanto apresentar pequenos pedaços de tomate. Sua base, diferente dos outros derivados, apresenta óleo, cebola, salsa e alho, tudo isso para oferecer ainda mais sabor para as receitas. Também não apresenta conservantes.

Os enlatados
A lenda de que os enlatados podem oferecer problemas para a saúde está cada vez mais esquecida, mas ainda existem pessoas que se preocupam com isso. A nutricionista chefe do MinhaVida acaba com esse medo Os alimentos enlatados não oferecem perigo à saúde. Entretanto, pessoas que apresentam alergia a algum componente dessa forma de conservação devem ficar de olho no rótulo para verificar se um alimento específico não irá desencadear uma reação alérgica. Além disso, alguns enlatados podem ser ricos em sódio. Pessoas com histórico de pressão alta devem ficar atentas com as informações contidas nos rótulos .

 

Voltar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *