skip to Main Content
endometriose

Sabe aquela cólica insuportável, bem intensa e que se torna algo frequente? Vem tendo uma menstruação abundante, com fluxos bem intensos? Sente um cansaço muito excessivo? Tudo isso piora ainda mais quando você está no ciclo menstrual? Sabia que isso pode ser endometriose, uma condição bem preocupante, que acontece no útero?

Por isso, o Blog da UnicPharma separou tudo sobre essa doença, com as principais dicas, sintomas e tratamentos. Além disso, respondemos as dúvidas mais comuns sobre o assunto.

O que é a endometriose?

A endometriose é um condição inflamatória crônica causada pelo crescimento anormal de células do endométrio fora do útero, em locais como os intestinos, ovários, trompas de falópio ou bexiga. Essa doença pode provocar sintomas como cólica intensa, menstruação abundante e cansaço excessivo, que pioram durante a fase menstrual do ciclo.

Sintomas

Dessa maneira, os principais sintomas de endometriose são:

  • Cólica muito intensa antes ou durante a menstruação;
  • Dor durante o contato íntimo;
  • Menstruação abundante;
  • Sangramento fora do período menstrual;
  • Dor ao urinar;
  • Prisão de ventre ou diarreia;
  • Dor para evacuar;
  • Inchaço na barriga;
  • Cansaço excessivo.

Além disso, a endometriose pode dificultar a gravidez, sendo muitas vezes diagnosticada durante exames para identificar a causa da infertilidade feminina. Dessa maneira, intensidade e a frequência dos sintomas da endometriose podem variar a cada mês e de uma mulher para outra.

Na presença dos sintomas de endometriose, é importante consultar o ginecologista para que sejam realizados exames que ajudem a confirmar o diagnóstico da endometriose e, assim, possa ser iniciado o tratamento mais adequado. Entenda como é feito o diagnóstico da endometriose.

Diagnóstico

O diagnóstico da endometriose é feito pelo ginecologista através da avaliação dos sintomas, exame pélvico e exames de imagem, como ultrassom pélvico ou transvaginal, ou ressonância magnética. Assim também, o médico pode solicitar uma videolaparoscopia, que é um procedimento cirúrgico, que permite confirmar a endometriose e verificar a localização, tamanho e quantidade de implantes endometrióticos, que são os focos de endometriose fora do útero.

Tratamento

O tratamento para endometriose deve ser orientado pelo ginecologista de acordo com os sintomas apresentados pela mulher, idade e gravidade da endometriose. Assim, pode ser indicado:

  • Leve: Podem ser usados anti-inflamatórios, como o ibuprofeno, que reduzem as dores, mas que não impedem o desenvolvimento da doença.
  • Profunda: Podem ser usados remédios hormonais ou cirurgia para endometriose, que ajudam a reduzir a quantidade de tecido endometrial fora do útero.

No entanto, estes tipos de tratamentos acabam reduzindo as chances de engravidar e só são usados em casos mais avançados ou quando a mulher está perto da menopausa.

Tem cura?

A endometriose tem cura através da cirurgia para retirar todo o tecido endometrial espalhado na região pélvica, mas também pode ser necessário retirar o útero e os ovários, se a mulher não deseja engravidar. Existem outras opções como analgésicos e remédios hormonais, que ajudam a controlar a doença e aliviam os sintomas, mas se o tecido estiver espalhado em outras regiões, somente a cirurgia será capaz de fazer a sua remoção completa.

Tratamento natural

As cápsulas de onagra contem o ácido gama-linolênico em proporções ricas. Este é um precursor químico das prostaglandinas e, por isso, são uma boa opção natural, embora não sejam suficientes para curar a doença, ajudando apenas a combater os sintomas da endometriose e tornando o dia a dia e a fase da menstruação mais fácil.

É possível engravidar tendo endometriose?

Essa condição pode atrapalhar quem deseja engravidar podendo causar infertilidade, mas isto nem sempre acontece porque depende muito dos tecidos que estão envolvidos. Dessa maneira, é muito mais difícil de engravidar quando há endometriose nos ovários ou nas trompas de falópio, do que quando há somente em outras regiões. Isso acontece porque a inflamação dos tecidos nesses locais pode afetar o desenvolvimento do óvulo e, até, impedir que ele consiga chegar nas trompas, impedindo que seja fecundado pelo espermatozoide.

Aborto

Normalmente os sintomas da endometriose melhoram durante a gravidez e as complicações na gestação são muito raras. Apesar disso, há um risco um pouco maior da mulher ter placenta prévia, o que pode ser observado com ultrassons mais frequentes, solicitados pelo obstetra.

A cólica intensa significa que tenho endometriose?

Um dos sintomas da doença é a intensa cólica durante a menstruação, no entanto, existem outras situações que também causam cólicas intensas como a dismenorreia, por exemplo. Por isso, quem faz o diagnóstico é o ginecologista com base na observação da mulher e de seus exames.

Essa doença engorda?

A condição provoca inchaço abdominal e retenção de líquidos, porque acaba provocando uma inflamação nos órgãos em que se encontra, como ovários, bexiga, intestino ou peritônio. Apesar de não haver um grande aumento de peso na maioria das mulheres, pode-se notar um aumento do volume abdominal, principalmente pélvico nos casos mais severos de endometriose.

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.