Cledson Bernardo Em Atividade Social (Foto: Arquivo Pessoal)

Neste último dia 31 de janeiro foi o Dia do Engenheiro Ambiental. Assim, conversamos com um dos mais renomados na área do Brasil: Cledson Bernardo. Antes de mais nada, na função há pouco mais de 30 anos, Cledson acumula diversos trabalhos para a comunidade ambiental como: Instituto Cledson Bernardo, Atitude Sustentável, entre outros. Confira a 1ª parte da entrevista:

Por que escolheu trabalhar com Engenharia Ambiental?

“Eu sempre fui muito ligado as questões da natureza. Depois que eu conheci o que existe dentro da Engenharia Ambiental, o que ele faz dentro do conceito da sustentabilidade, eu me movi muito mais. Eu sou muito ligado nas questões sociais”. 

Acredita que estamos em uma época em que os recursos naturais estão sendo mais prejudicados, mas em contra partida a luta contra isso ficou maior?

“Sim, existe um impacto muito grande dos recursos naturais nos últimos anos. Mas, as pessoas mais preocupadas em manter-lá começaram a levantar diversas bandeiras. Aqui no Brasil principalmente depois da Rio 92, onde houve uma grande movimentação, junto com a Agenda 21. Porém, precisamos de mais pessoas, mais bandeiras se mobilizando para deixarmos o meio ambiente ecologicamente correto”.

Quais os prejuízos que o aquecimento global pode causar daqui uns anos?

“O aquecimento global pode causar muitos danos, um deles é a mudança climática. Assim, causa diversos desastres, como as enchentes. Como resultado, traz um desequilíbrio em todas as camadas no meio ambiente, causando problemas para o planeta. Por isso é importante nos atarmos nessa questão, estamos falando de vida. Precisamos do ar para respirar, da água para beber e do solo para cultivar”.

Como é a rotina de um engenheiro ambiental?

“Trabalhos administrativos, de campo e depende da área que você escolhe. Pode ir para a própria engenharia, onde vai desenvolver projetos, como para tratamento de água ou gases. Outra é a social, onde existe o desenvolvimento de ações sociais como plantil de árvores, a inserção de comunidades, políticas públicas, depender muito no que ele quer trabalhar. Mas sempre será atividades para a preservação do meio ambiente, o bem estar das pessoas e o desenvolvimento da economia local”. 

Vamos salvar os maiores recursos naturais do planeta?

“Sempre, não podemos perder a esperança, se não nem precisava termos um engenheiro ambiental, né? (risos). O engenheiro ambiental acredita nisso e criamos essas possibilidades. Precisamos acreditar que vamos salvar o planeta, através de técnicas para convencer as pessoas, os empresários que conseguiremos juntos, salvar nosso planeta”. 

Foto Destaque: Divulgação / Arquivo Pessoal / Cledson Bernardo 

This Post Has One Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *