skip to Main Content
colágeno

 

Ter uma pele linda, saudável e firme não é uma tarefa nada fácil. Sabemos bem disso. Assim sendo, um grande liado para quem quer ter melhores resultados, o colágeno é um grande aliado. Se trata de algo produzido pelo organismo e também pode-se encontrá-lo em alimentos.

Dessa forma, o Blog da UnicPharma separou as melhores dicas sobre essa substância.

O que é o colágeno?

O colágeno é uma substância essencial para a firmeza dos tecidos do nosso corpo. E provavelmente você já ouviu falar sobre essa proteína ou até mesmo a consumiu de alguma forma. Afinal, é bastante comum vermos produtos de beleza e suplementos alimentares com colágeno na composição.

Quando esta proteína está em falta no organismo, especialmente na região cutânea, conseguimos perceber a olho nu. Isso porque a pele fica desidratada e começam a surgir rugas e linhas de expressão. As unhas e cabelos também são afetados, pois tendem a ficar mais fracos e quebradiços.

Onde ele está presente?

O colágeno está presente em praticamente todas as partes do nosso organismo: na pele, nos tendões, nos ossos, nos dentes, nos vasos sanguíneos, no intestino e nas cartilagens. O colágeno corresponde em torno de 30% da proteína total do nosso corpo, sendo 6% do nosso peso corporal. Então, ele é muito importante para nossa existência.

O colágeno é constituído na matriz extracelular dos nossos tecidos conjuntivos, e é sintetizado pelo nosso próprio corpo, dentro das células – principalmente através dos fibroblastos e condroblastos, que são as células que o produzem. Depois, ele é exportado para fora da célula, para dar sustentação à nossa pele e aos nossos órgãos.

A função no organismo

Existem três tipos de colágeno e cada um deles tem uma função específica. O tipo 1, mais conhecido como colágeno hidrolisado, corresponde a 90% do nosso colágeno e está presente, principalmente, na pele, nos ossos, nos tendões, nas cartilagens e até mesmo no nosso cabelo e nas unhas.

Já o colágeno tipo 2 é encontrado, especificamente, nas cartilagens elásticas, como as articulações e as juntas. Por fim, o tipo 3 dá suporte para a estrutura muscular, nos órgãos e nas artérias, na parte mais vascular. O colágeno tem diversas funções no nosso corpo, que vão depender do tipo e de onde ele está localizado.

Perda conforme a idade

A partir de uma certa idade, esse processo de produção do colágeno começa a diminuir. E também há relação com fatores genéticos e ambientais relacionados ao nosso estilo de vida, como tabagismo, ingestão de álcool, alimentação, sedentarismo e estresse. A Associação Brasileira de Dermatologia diz que a síntese de colágeno intracelular começa a diminuir a partir dos 25 anos, dependendo dos nossos hábitos.

De acordo com especialistas, outro ponto importante é que as mulheres produzem menos colágeno do que os homens. Estudos comprovam que no período da menopausa a velocidade de perda dessa proteína é aumentada, chegando a atingir 30% nos primeiros cinco anos.

Tipos de colágeno

Mais de 20 tipos de colágeno são encontrados no corpo, de acordo com um artigo publicado na revista científica Advanced Drug Delivery Reviews. A estrutura e a função do colágeno são determinadas pela sequência dos aminoácidos. Em alguns tecidos, como órgãos, o colágeno pode ter a forma de um gel. Além disso, em outros, como os tendões, o colágeno vem como fibras apertadas para fornecer a resistência.

Onde conseguir obter colágeno

O colágeno é um produto de origem animal, e é basicamente extraído da pele, cartilagens e tendões de aves, suínos e bovinos. Dessa maneira, há um processo de agregação de água ao colágeno animal, chamado de hidrólise, obtendo-se assim o colágeno hidrolisado, em forma de pó branco.

Benefícios

Assim como já dito, o colágeno tem inúmeros benefícios, como:

  • Fortalecimento de unhas frágeis
  • Maior resistência, espessura, crescimento e brilho aos cabelos
  • Mais tônus e hidratação à pele
  • Redução da flacidez cutânea (pele)
  • Prevenção e tratamento de dores articulares, artrose e osteoporose.

O colágeno vem sendo utilizado para minimizar a ocorrência de lesões na terceira idade, pois mantém o tecido articular mais hidratado e elástico. Ele também pode prevenir lesões em atletas. Diversos estudos realizados na Europa e nos Estados Unidos atestam esses benefícios.

Colágeno hidrolisado

O colágeno hidrolisado é composto por 90% de proteína, 2% de sais minerais, e 8% de água. Sua classificação é descrita como uma proteína comestível e seus principais aminoácidos são prolina e lisina, responsáveis pela síntese de colágeno endógeno com a ajuda de alguns cofatores, citados abaixo.

Assim, ele é isento de gordura, colesterol e carboidratos. Além de tudo, é uma proteína de fácil digestão e assimilação devido ao processo de hidrólise, com inúmeras indicações tanto na área de saúde como nos cuidados com a beleza da pele, cabelos e unhas.

Dessa forma, dose recomendada é de dez a vinte gramas diárias (1 a 2 colheres de sopa) de colágeno hidrolisado diluído em meio copo de suco, leite ou iogurte. Assim, uma forma muito prática é a apresentação em balas tipo goma, que contêm colágeno associado ao óleo de coco, garantindo um benefício duplo. Os primeiros efeitos podem ser notados após dois a três meses de consumo diário. O colágeno hidrolisado é um alimento e não há nenhuma restrição ou contraindicação, nem limite de tempo para o seu uso.

O corpo produz colágeno

Existem nutrientes que ajudam o corpo a sintetizar e a preservar o colágeno por diversos caminhos metabólicos, agindo como cofatores. Para isso é preciso consumir alimentos ricos em lisina, ômega 3, vitamina A, enxofre, licopeno e vitamina C.

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.