Alecrim melhora seu humor e memória - Blog Unicpharma
Alecrim

O alecrim tem uma longa história de usos culinários e aromáticos, além de aplicações na medicina tradicional à base de ervas e ayurvédica. Em suma, é nativo da América do Sul e da região mediterrânea. Aliás, faz parte da família de plantas Lamiaceae, junto com hortelã, orégano, erva-cidreira e manjericão.

Muitas pessoas gostam do chá de alecrim por seu sabor, aroma e benefícios para a saúde. Assim, o Blog da Unic separou um benefício potencial para a saúde.

Alecrim pode melhorar humor e memória?

Experimentar estresse e ansiedade de vez em quando é comum. Assim, embora faltem estudos especificamente sobre o chá de alecrim, as evidências mostram que beber e inalar os compostos pode ajudar a melhorar o seu humor e a melhorar a sua memória.

Um estudo da National Library of Medicine descobriu que tomar 500 mg de alecrim oral duas vezes ao dia durante 1 mês reduziu significativamente os níveis de ansiedade. Ademais, melhorou a memória e a qualidade do sono entre estudantes universitários, em comparação com um placebo.

Enquanto isso, outro estudo de 2 meses com 66 funcionários industriais, na Iran Chemical Industry Investment observou que aqueles que beberam 2 colheres de chá (4 gramas) de alecrim em 2/3 xícara (150 ml) de água diariamente relataram se sentir significativamente menos esgotados em seus empregos, em comparação com aqueles que não beberam nada.

Na verdade, simplesmente cheirar o alecrim parece ser benéfico. Dessa maneira, a Psychopharmacology em 20 adultos jovens saudáveis ​​observou que inalar o aroma de alecrim por 4 a 10 minutos antes de um teste mental melhorou a concentração, o desempenho e o humor.

Além do mais, com 20 adultos saudáveis, a inalação do óleo de alecrim estimula a atividade cerebral e melhora o humor. O nível de atividade dos participantes, pressão arterial, frequência cardíaca e frequência respiratória aumentaram após a inalação do óleo.

O extrato pode melhorar o humor. Assim, promovendo um equilíbrio saudável de bactérias intestinais e reduzindo a inflamação no hipocampo, a parte do cérebro associada a emoções, aprendizado e memórias.

Foto Destaque: Divulgação/Istock

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *