Vigorexia

Vigorexia e a obsessão pelo corpo perfeito

Obsessão por exercícios de musculação e distorção da realidade diante do espelho são sinais da condição

Os seres humanos são únicos, seja genética, física ou emocionalmente. Quando falamos em específico de tipos de corpo, é importante entender que existem diferentes formas, curvas e estruturas ósseas. Assim, cada indivíduo tem seus atributos e qualidades singulares.

No entanto, também é evidente que a sociedade atual como um todo definiu alguns padrões físicos como ideais. Isso gera uma constante pressão psicológica e emocional para alcançá-lo – que chega a níveis prejudiciais para a saúde. A vigorexia, por exemplo, é uma consequência desse quadro.

Transtorno de ansiedade mais comum em homens de 18 a 35 anos, pode também ser chamada de Transtorno Dismórfico Muscular ou complexo de Adônis. A vigorexia é uma insatisfação e preocupação tão excessiva com o corpo que leva o indivíduo à prática exaustiva de exercícios físicos.

Veja características e sintomas da vigorexia

De acordo com a Fundação de Transtorno Dismórfico do Corpo, no Reino Unido, o indivíduo com vigorexia enxerga uma imagem distorcida do seu próprio corpo. Não importa o estado real em que o corpo se encontra, a baixa autoestima e o sentimento de inferioridade persistem junto com a insatisfação.

Por isso, o tempo dedicado à musculação e levantamento de peso é anormal, compulsivo e acompanhado do uso de medicamentos e esteroides indevidos. Os treinos são prioridade até mesmo quando o indivíduo se encontra lesionado, pois existem sinais de pânico caso não possa praticar exercícios.

Muitas vezes, a compulsão pelo treino pode acabar até mesmo atrapalhando as relações sociais e profissionais. Além disso, a rotina alimentar do indivíduo é bagunçada e ele pode vir a desenvolver distúrbios alimentares, como a bulimia e a anorexia.

As preocupações com o corpo podem também incluir aspectos específicos, como cabelo e pele, e procedimentos estéticos e cirúrgicos podem virar uma obsessão. Ademais, essa ansiedade descontrolada pode provocar quadros de insônia, depressão e levar o indivíduo ao suicídio.

Como vencer a vigorexia

A Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional indica que o primeiro passo para superar distúrbios que envolvem o emocional e psicológico é identificar e admitir quais gatilhos podem estar relacionados a ele e quais os comportamentos nocivos praticados a partir daí. A ajuda de um psicólogo ou psiquiatra para lidar melhor com as emoções e controlar possíveis crises é essencial.

Voltar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *