Afinal Quais As Causas Do Ressecamento Dos Pes Confira Aqui

Muito mais que um problema estético, a sola do pé ressecada pode trazer algumas dificuldade a quem tem. Isso porque pode causar rachaduras e fissuras com o passar dos anos. Além disso, sangramentos e dores são possíveis de aparecer. Com isso, confira como evitar e cuidar.

Quando ressecado, a pele fica com uma aparência amarelada ou esbranquiçada. Além disso, perde a sensibilidade e fica áspera, além de rachar ou descamar. Isso mostra que precisa mais ainda a hidratação. Alguns fatores externos podem ser as causas.

Estar com a pele ressecada

Com o ressecamento, a pele produz uma oleosidade, o que garante a sua proteção e maciez. Além disso, depende muito da hidratação do corpo. Dessa forma, quando o organismo está desidratado, pode deixar a sola do pé ressecada. Ainda pode ser um fator localizado. Com a menor produção de oleosidade, acontece uma redução da umidade natural, o pé se torna áspero. Assim, é preciso beber bastante água.

Andar descalço

Andar descalço sempre pode deixar a sola dos pés expostas a impurezas. Dessa forma, faz com que o mesmo fique sem umidade e acabe se tornando ressacada. Isso também pode ocorrer quando se usa calçados abertos com frequência, como chinelo. Ao usar muito, a sola absorve o impacto ao caminhar. Logo, a pele fica sobrecarregada, surgindo rachaduras. Tênis e sapatilhas são os mais indicados.

Lixar os pés com excesso

Lixar os pés deixa a pele esfoliada e remove células mortas. Dessa maneira, esse hábito elimina a camada grossa e auxilia a renovação celular. No entanto, o recomendado é fazer isso a cada 15 dias. Isso porque, quando lixada em excesso, acontece um efeito ao contrário. Com isso, o organismo começa a perceber que a sola está desprotegida, criando uma cama de pele grossa. Além de evitar excessos, utilize hidratantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *