4 benefícios do chocolate amargo - Blog Unicpharma
Gretty

Rico em nutrientes, o chocolate amargo pode afetar positivamente a sua saúde. Assim, feito a partir da semente do cacaueiro, é uma das melhores fontes de antioxidantes do planeta. Dessa maneira, o Blog da Unic separou os benefícios dela para sua saúde.

Muito nutritivo

Se você comprar chocolate amargo de qualidade com alto teor de cacau, ele é, na verdade, muito nutritivo. Assim, contém uma quantidade razoável de fibra solúvel e é carregado com minerais. Como resultado, uma barra de 100 gramas com 70-85% de cacau contém:

  • 11 gramas de fibra
  • 67% do RDI para ferro
  • 58% do RDI para magnésio
  • 89% do RDI para cobre
  • 98% do RDI para manganês
  • Ele também tem muito potássio, fósforo,
    zinco e selênio

Claro, 100 gramas é uma quantidade grande e não algo que você deva consumir diariamente. Todos esses nutrientes também vêm com 600 calorias e quantidades moderadas de açúcar. Por esse motivo, consuma com moderação.

O perfil de ácidos graxos do cacau e do chocolate preto também é excelente. Desse modo, as gorduras são principalmente saturadas e monoinsaturadas, com pequenas quantidades de gordura poli-insaturada. Em suma, também contém estimulantes como cafeína e teobromina. Mas, improvável que o mantenha acordado à noite, pois a quantidade de cafeína é muito pequena em comparação com o café.

Fonte poderosa de antioxidantes

O chocolate amargo é carregado com compostos orgânicos que são biologicamente ativos e funcionam como antioxidantes. Estes incluem polifenóis, flavonóis e catequinas, entre outros.

Pode melhorar o fluxo sanguíneo e reduzir a pressão arterial

Os flavonóides do chocolate amargo podem estimular o endotélio, o revestimento das artérias, a produzir óxido nítrico. Assim, uma das funções do NO é enviar sinais às artérias para relaxar, o que diminui a resistência ao fluxo sanguíneo e, portanto, reduz a pressão arterial.

Muitos estudos controlados mostram que o cacau e o chocolate amargo podem melhorar o fluxo sanguíneo e reduzir a pressão arterial, embora os efeitos sejam geralmente leves.

Aumenta o HDL e protege o LDL da oxidação

Em suma, o chocolate amargo melhora vários fatores de risco importantes para doenças. Ele reduz a suscetibilidade do LDL ao dano oxidativo enquanto aumenta o HDL e melhora a sensibilidade à insulina.

Foto Destaque: Divulgação / Getty Images

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *