Como identificar e tratar a anemia? - Blog Unicpharma
Blood Cells

Como identificar e tratar a anemia?

Segundo especialistas, a anemia pode ser caracterizada por uma deficiência na concentração da hemoglobina no sangue, uma proteína localizada dentro dos glóbulos vermelhos que é responsável pelo transporte de oxigênio para os órgãos.

As causas da anemia podem ser classificadas de 3 formas diferentes: agudasadquiridas ou hereditárias. Quando a anemia é aguda, sua causa está diretamente relacionada com a perda de sangue pelo corpo, devido à algum acidente ou hemorragia; quando a anemia é hereditária, geralmente está relacionada com uma doença genética, como a anemia falciforme ou a talassemia; já quando a anemia é adquirida, sua causa provavelmente está ligada à deficiência de alguma vitamina como, por exemplo, o ferro, a vitamina B12 e o ácido fólico.

Para identificar a anemia, é necessário ficar atento aos sinais típicos da doença. Confira abaixo quais são:

  • Cansaço;
  • Tontura;
  • Palidez;
  • Fraqueza;
  • Taquicardia;
  • Dores musculares;
  • Sonolência;
  • Falta de ar;
  • Pés e mãos frias.

Ao sentir os sintomas descritos, procure ajuda médica o quanto antes.

Como é feito o diagnóstico da anemia? 

O primeiro passo é a análise clínica por parte do médico especialista, que vai entender os sintomas e o histórico do paciente. Em seguida, é solicitado um exame de sangue para medir o nível de hemoglobina nos glóbulos vermelhos.

Em casos mais complexos, é necessário também a realização de outros exames para detectar a origem da anemia, principalmente quando sua causa é hereditária.

Qual é a melhor forma de tratar a anemia? 

A melhor maneira de tratar a anemia é identificando a origem dela. Por exemplo, caso o paciente apresente deficiência de algum componente vitamínico no organismo, a recomendação é adotar uma dieta específica para repor essa vitamina.

Em casos de doenças autoimunes, complicações na medula óssea ou doenças hereditárias, os tratamentos precisam ser mais específicos e cuidadosos. O alívio dos sintomas é realizado de maneira cautelosa e com mais atenção pelo médico.

 

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *