Câncer do Colo do Útero: causas, sintomas e tratamento - Blog Unicpharma
Concept Of A Healthy Female Reproductive System.

Câncer do Colo do Útero: causas, sintomas e tratamento

Você sabia que no dia 26 de março é celebrado o Dia Mundial do Combate ao Câncer do Colo do Útero? Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), quando malígno, esse tipo de tumor é o terceiro mais comum entre as mulheres brasileiras. 

Também conhecido como câncer cervical, a doença é provocada por uma infecção persistente localizada no colo do útero, ou seja, no fundo da vagina. Alguns tipos de Papilomavírus Humano (HPV) são responsáveis por essas alterações celulares na região. 

Segundo especialistas, existem dois tipos malignos do câncer do colo do útero: os carcinomas epidermoides, que são responsáveis por 80% dos casos, e os adenocarcinomas, responsáveis pelos outros 20%. 

Em seu estágio inicial, o câncer não apresenta sinais aparentes. Entretanto, com o seu avançar, sangramentos vaginais e dores são notáveis e comuns. 

Quais são os fatores de risco do câncer do colo do útero?

Pacientes portadoras do HPV são aquelas que apresentam o maior risco de desenvolver o câncer. Porém, existem alguns hábitos diários que também contribuem para o surgimento da doença. Veja abaixo quais são: 

  • Início precoce da vida sexual e múltiplos parceiros;
  • Fumo em excesso;
  • Más condições de higiene;
  • Uso prolongado de anticoncepcionais. 

Imunidade baixa e histórico familiar também são considerados fatores de risco para as mulheres. 

Como prevenir-se do câncer do colo do útero?

O principal método de prevenção da doença é a vacinação contra o HPV. Desde 2017, o Ministério da Saúde tem implementado em seu calendário vacinal a obrigatoriedade da vacina para as meninas entre 9 e 14 anos. 

Outros métodos como o uso de preservativos e a ida ao ginecologista para a realização do exame de Papanicolau também são de extrema importância. 

Quais são os sintomas do câncer do colo do útero?

Em sua fase inicial, a doença é assintomática, ou seja, não apresenta sintomas. Já em seus estágios mais avançados, os sinais que costumam aparecer são: 

Como funciona o tratamento do câncer do colo do útero?

Devem ser levados em consideração alguns aspectos para a escolha do tratamento da doença, entre os quais incluem o estágio em que se encontra o tumor, o seu tamanho, a idade da paciente e o desejo dela de ter filhos futuramente. 

Entre os métodos de tratamento mais comuns estão a quimioterapia, a radiografia e as cirurgias. Em casos de lesões precursoras do tumor, o uso de eletrocirurgia é indicado. 

Atente-se sempre ao seu corpo e nunca deixe de realizar os exames de prevenção necessários. 

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *