7 passos de como parar de fumar de uma vez por todas! - Blog Unicpharma
Leaving Bad Habit

7 passos de como parar de fumar de uma vez por todas!

É

muito comum ouvir que o tabagista não consegue parar de fumar porque não quer. Isso é um erro. Na verdade, a pessoa que fuma sofre de dependência química, por isso, deixar o hábito pode ser um grande sofrimento físico e emocional. Ainda assim, de acordo com o Ministério da Saúde, é possível seguir tratamentos que podem ajudar a parar de fumar de uma vez por todas. Confira 7 passos que vão guiar você até esse objetivo.

Passo 1 – Tenha determinação

Esse é ponto principal. Você é o protagonista de um processo que se inicia com a tomada da decisão de parar de fumar e se prolonga até que se chegue à abstinência. Especialistas recomendam que você invista no autoconhecimento, observando o que leva ao hábito e o que acontece nos intervalos entre um cigarro. Outra boa estratégia é deixar o cigarro bem longe: nesse caso, a preguiça de ir até ele pode ser uma grande aliada.

Passo 2 – Escolha uma data específica

Somente 3% das pessoas conseguem parar de fumar de maneira abrupta, de acordo com o Ministério da Saúde. Para saber se você está entre eles, só tentando. Então, marque um dia específico para isso acontecer – uma data que não seja muito distante. Faça dessa uma ocasião significativa para você, que tenha algo que fortaleça a sua decisão e ajudar a manter a abstinência.

Passo 3 – Corte os gatilhos do cigarro

Você fuma por causa do cafezinho? Suspenda a bebida por um tempo. A vontade de fumar vem depois das refeições? Vá escovar os dentes assim que terminar. E assim vá cortando cada um dos gatilhos.

Os especialistas comentam que o álcool é o pior deles porque acelera o metabolismo da nicotina e faz a fissura por cigarro voltar mais rápido. Além disso, enfraquece o autocontrole, atrapalhando a sua decisão de parar de fumar. Aqui, vale um curiosidade: a fissura pelo cigarro é intensa, mas dura, no máximo, cinco minutos. Os benefícios para a saúde aparecem nas primeiras 24 horas sem fumar e vão aumentando com o tempo. Então, vale resistir!

Passo 4 – Escolha um método para parar de fumar

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o tratamento respeitar o perfil de cada pessoa, mas existem, basicamente, duas maneiras comuns de parar de fumar: de forma abrupta ou gradualmente.

A parada gradual pode ser feita de duas maneiras: reduzindo o número de cigarros fumados por dia ou adiando o horário de fumar o primeiro. Tudo isso com foco na interrupção total e não só na diminuição em si.

Passo 5 – Procure ajuda médica

Diversos profissionais são capacitados pelo Ministério da Saúde para fazer um trabalho multidisciplinar e, assim, ajudar você a parar de fumar. Como cada pessoa tem um grau de dependência diferente, é preciso avaliar individualmente a necessidade (ou não) de se usar medicamentos. Eles têm indicações precisas e são utilizados para minimizar os efeitos da abstinência da nicotina. A abordagem comportamental ainda é a mais relevante para parar de fumar.

Passo 6 – Aposte em truques saudáveis

Para vencer a fissura, você pode contar com recursos simples como tomar mais água gelada e água de coco, comer palitos de cenoura crua, frutas geladas picadas, cristais de gengibre, mascar cravos, chupar pequenos cubos de gelo e picolés de frutas sem açúcar.

Além disso, faça exercícios. Está comprovado cientificamente que eles diminuem a vontade de fumar ao mesmo tempo em que estimulam você a permanecer na sua meta.

Passo 7 – Troque experiências

Participar de grupos de apoio, conhecer outros casos e trocar experiências podem fazer a diferença. Os especialistas explicam que o ideal é que os encontros ocorram semanalmente, ao longo de um mês – quando se espera que você já tenha largado o cigarro. Depois, podem passar a ser quinzenais e, então, mensais, até que se complete um ano de abstinência.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *