Conheça as causas da dor no joelho - Blog Unicpharma
Shutterstock 566498545

Conheça as causas da dor no joelho

A dor no joelho pode ter diversas causas, como esportes, excesso de peso e desgaste da cartilagem; saiba mais
Uma das queixas mais comuns em consultórios ortopédicos, a dor no joelho pode atingir qualquer pessoa, incluindo crianças, jovens, adultos e idosos. As causas são variadas.
Na infância e na adolescência, por exemplo, é uma dor muito comum e está relacionada com as mudanças fisiológicas do crescimento, cujo nome médico é osteocondrite da tuberosidade. Essas dores tendem a desaparecer sem causar nenhuma sequela.
Nos jovens adultos, a dor no joelho pode ter diversas causas, como esportes, uso de salto alto, excesso de peso e desgaste da cartilagem. Porém, depois dos 50 anos, joelhos doloridos podem indicar uma das doenças reumatológicas mais comuns: a osteoartrose, também chamada de osteoartrite. A osteoartrose é causada pelo desgaste natural, causado pelo envelhecimento.

Fatores de risco da dor no joelho

De uma forma geral, alguns fatores de risco para o surgimento de dores nos joelhos são comuns em qualquer fase da vida, como o excesso de peso, caminhar ou sentar com postura incorreta, praticar esportes sem orientação médica e com sapatos inadequados, ficar muito tempo em uma posição só (em pé ou sentado, por exemplo) e até dormir em certas posições.
A falta de cuidado, somada ao processo de envelhecimento, provoca alterações nos joelhos e atua como um gatilho importante para gerar dores nessa região, que fica mais propensa a lesões, torções e desgastes.

Além disso, procure adotar as seguintes medidas de prevenção:

  • Movimente-se: Se exercitar regularmente (com sapatos adequados) faz com que você fortaleça seus músculos, que ajudam na sustentação de todo o esqueleto, minimizando as chances de dores;
  • Mantenha-se leve: Seu joelho foi feito para sustentar seu peso ideal. Qualquer excesso de peso já os sobrecarrega. Portanto, mantenha seu peso ideal por meio de dieta saudável;
  • Diminua o tamanho do salto: Acredite, os excessos nunca são as melhores escolhas. Para a mulher, o ideal é um salto de 3 a 4 cm ou estilo anabela;
  • Se prepare para o final de semana: Cuidado com partidas de futebol, corridas ou excessos apenas em um dia da semana. Prepare-se fisicamente fortalecendo músculos e articulações, para minimizar chances de lesões ou traumas.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *