Comprovado: colágeno ajuda na firmeza, hidratação e elasticidade da pele - Blog Unicpharma
Thinkstockphotos 648754188

Comprovado: colágeno ajuda na firmeza, hidratação e elasticidade da pele

Pesquisa aponta que combinar o colágeno com vitaminas antioxidantes reduz o processo de envelhecimento

colágeno hidrolisado conquistou o público feminino com a promessa de firmar a pele e amenizar a fome. As opções de produtos prontos que incluem a substância aumentaram bastante. E as mulheres, claro, são as maiores consumidoras. Mas será que funciona mesmo? A maioria das pesquisas científicas sobre o assunto afirma que, sim, o colágeno é um coadjuvante no combate aos quilinhos extras e ajuda a manter a pele jovem por mais tempo.

O segredo do colágeno está no fato de ser uma proteína que o próprio organismo é capaz de produzir. Uma de suas principais funções é formar as fibras que dão sustentação à pele. Cabelo, unhas, cartilagens (tecidos que amortecem as articulações) e ossos também são beneficiados. Ou seja, ele garante que o corpo funcione bem por dentro e fique bonito por fora.

Porém, pesquisas mostram que, a partir dos 30 anos, mesmo com uma alimentação balanceada, há uma perda anual em torno de 1%. Dos 50 anos em diante, a queda é bem mais drástica: a produção de colágeno cai para apenas 35%, em média. Daí para aparecer rugas, celulite e flacidez é um pulo. É por isso que muitos nutricionistas, nutrólogos e dermatologistas consideram a suplementação com o colágeno hidrolisado importante a partir dos 30 anos e essencial depois dos 50.

Direto na pele

Extraído do osso e da cartilagem do boi, o colágeno presente nos suplementos deve ser hidrolisado – ou seja, passar pelo processo de hidrólise (quebra pela água das moléculas de proteína) para que possa ser absorvido facilmente pelo organismo que, por sua vez, direciona essa proteína para as partes que estão com alguma deficiência.

Já para se obter os efeitos positivos na pele, o colágeno hidrolisado deve ser ainda mais especial. “Ele deve concentrar moléculas hidroxiladas (como a hidroxiprolina e a hidroxilisina), que são utilizadas preferencialmente para a produção de fibras responsáveis pela sustentação da pele”, explica o nutricionista Luciano Bruno, de Piracicaba, São Paulo.

Voltar

This Post Has One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *