skip to Main Content
Veja o que você pode fazer para acabar com a sua disfunção erétil

Os homens brasileiros têm certa dificuldade em procurar ajuda quando o assunto é disfunção erétil. Em todos os casos, o ideia seria avaliação médica para solucionar seu problema. Mas, o Blog da Unic convidou o urologista Fernando Machado, para trazer algumas dicas naturais, que podem solucionar seu problema.

Disfunção erétil pode ser causado pelo álcool?

Estudos têm mostrado resultados mistos para os efeitos do álcool na DE. Uma revisão de pesquisa de 2018, da Pubmed descobriu que beber quantidades leves à moderadas de álcool (menos de 21 doses por semana) estava realmente associado a um risco reduzido de disfunção erétil. Por outro lado, o consumo regular e alto não afetou significativamente a DE.

“Nesse estudo, a disfunção sexual, particularmente a disfunção erétil, era comum em pessoas com síndrome de dependência de álcool. Uma revisão de pesquisa de 2020 também identificou o álcool como um fator de risco para DE. Portanto, é importante levar em consideração”, afirma o urologista.

Mais pesquisas são necessárias sobre o papel do álcool na DE. Em geral, o Centros de Controle e Prevenção de Doenças recomenda que os homens consumam menos bebidas alcoólicas por dia.

Diminuir ou parar com o cigarro pode ajudar no seu desempenho sexual

Fumar é outro comportamento que provavelmente contribui para a DE. Isso pode ser causado em parte pelo fumo, que danifica os vasos sanguíneos. Assim, impedindo que sangue suficiente chegue ao pênis para uma ereção.

“Fumar também pode reduzir a disponibilidade de óxido nítrico no corpo.  Que é necessário para causar o relaxamento muscular involuntário. Além disso, por aumentar o fluxo sanguíneo que desempenha um papel nas ereções”, explica Fernando.

De acordo com um revisão de pesquisa de 2015 da Pubmed, o tabagismo mais frequente foi associado a um risco aumentado de desenvolver disfunção erétil. Bem como disfunção erétil mais grave. Alguns danos causados ​​pelo fumo podem não ser reversíveis. Ainda assim, a revisão concluiu que parar de fumar, especialmente para homens com menos de 50 anos, pode ajudar a melhorar a DE.

É um desafio parar de fumar. Mas existem muitos recursos disponíveis para ajudar. Parar de fumar tem potencial não apenas para ajudar na sua DE. Além disso, também para beneficiar muitas outras áreas da sua saúde.

Existem desvantagens em usar remédios naturais para acabar com a disfunção erétil?

Mudanças no estilo de vida podem ser um remédio natural eficaz para a DE e melhorar sua saúde geral. Mas muitas mudanças – como perder peso, parar de fumar ou seguir uma dieta balanceada – podem ser difíceis de alcançar.

Também pode levar algum tempo para que os tratamentos naturais surtam efeito. Algumas pessoas, dependendo da causa de sua disfunção erétil, podem não apresentar melhorias sem medicamentos ou outros tratamentos. É útil conversar com seu médico para encontrar um tratamento que funcione para você.

Riscos de suplementos de DE

Existem muitos suplementos anunciados online como um tratamento para DE. Todavia, nenhum foi comprovado como eficaz e seguro. Alguns também podem conter combinações perigosas de ingredientes ou doses altas. Mais pesquisas em pessoas precisam ser feitas sobre remédios de ervas e outros suplementos para DE. Se você decidir tentar um, converse primeiro com seu médico. Eles podem ajudá-lo a determinar se o tratamento pode ser seguro e se reagirá com quaisquer medicamentos que você esteja tomando.

Perguntas frequentes sobre disfunção erétil respondidas por um especialista

Qual é o tratamento mais eficaz para a disfunção erétil?

“O tratamento mais eficaz para você depende da causa subjacente de sua DE. Embora as mudanças no estilo de vida tendam a ser seguras enquanto melhoram a DE, podem ser difíceis de alcançar. Os medicamentos orais são outro tratamento primário para a DE. Mas também não funcionam para todos”.

“As diretrizes de 2018 da American Urological Association para DE afirmam que os homens podem escolher qualquer opção – medicação, mudanças no estilo de vida, dispositivos auxiliares ou cirurgia – para iniciar o tratamento. Eles sugerem conversar com seu médico sobre os riscos e benefícios de cada tratamento”.

A disfunção erétil pode ser curada?

“Se a sua disfunção erétil é causada por um fator de estilo de vida, condição de saúde ou um medicamento que você está tomando. Assim, pode ser possível revertê-la abordando a causa subjacente. A cirurgia também pode curar a DE em alguns casos. Por outro lado, os medicamentos tratam os sintomas da disfunção erétil. Ademais, podem melhorar a disfunção erétil. Mas não curam a doença que a está causando”.

Como posso ajudar meu parceiro com disfunção erétil?

“A DE é uma condição comum que afeta ambos os parceiros sexuais. Os parceiros envolvidos no diagnóstico, educação e terapia juntos podem ser mais eficazes para melhorar a DE e obter mais satisfação com o sexo”.

E se os tratamentos naturais para a DE não funcionarem?

Dependendo da causa de sua DE, os remédios naturais podem não ser eficazes. Se for esse o caso, seu médico pode prescrever medicamentos para DE, como:

  • sildenafil (Viagra)
  • tadalafil (Cialis)
  • avanafil (Stendra)
  • vardenafil (Levitra)

Os efeitos colaterais desses medicamentos podem incluir dores de cabeça , indigestão e tonturas . Você não deve usá-los se também estiver tomando nitratos (medicamentos para a dor no peito).

A DE é uma condição comum que pode afetar a confiança, os relacionamentos e a qualidade de vida dos homens. O tratamento mais eficaz depende da causa. Ainda assim, os remédios naturais podem ajudar a melhorar sua DE e sua saúde geral.

Em suma, é melhor conversar com seu médico sobre sua disfunção erétil para identificar os tratamentos que provavelmente serão úteis. Assim, também pode ser benéfico abordar sua condição juntamente com seu parceiro.

Como resultado, lembre-se de que o tratamento, especialmente as mudanças no estilo de vida. Bem como perder peso ou fazer mais exercícios, pode levar tempo. Por fim, converse com seu médico para encontrar o tratamento ou a combinação de remédios que funcionam melhor para você.

Foto Destaque: Divulgação / Getty Images

This Post Has One Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.