skip to Main Content

Você sabia que cerca de 50% das pessoas que começam a praticar exercícios físicos desiste entre o 3º e 5º mês? Isso mostra como é difícil para um iniciante na academia se firmar na malhação e desenvolver esse hábito.

Sabendo que o risco de desistência é alto, nós separamos algumas dicas essenciais para que você, iniciante, se motive e consiga ultrapassar essa barreira do primeiro semestre. Vamos ver quais são? Então siga com a leitura!

1. É preciso paciência para pegar o ritmo de ir à academia

Um estudo da University College de Londres mostrou que são necessários 66 dias de execução de alguma tarefa para que ela se torne um hábito. Isso significa que um iniciante na academia precisa ir 66 vezes até lá, malhar, para que seu cérebro absorva esse hábito e se acostume em realizá-lo normalmente.

Se você for 3 vezes por semana na academia, precisará de 22 semanas para malhar 66 vezes. Por sua vez, 22 semanas são aproximadamente… 5 meses, exatamente a faixa de tempo em que a maioria das pessoas desiste.

Por isso, tenha paciência e força de vontade durante o primeiro semestre da sua vida na academia. Depois desse período, seu corpo vai absorver a atividade como um hábito e ficará mais fácil de realizá-la.

2. Um iniciante na academia precisa cuidar da alimentação

A maioria dos iniciantes não sabe disso, mas é importante ter especial atenção com a alimentação pré e pós-treino.

Na alimentação pré-treino, é importante ingerir alimentos que forneçam energia para a atividade física, o que deixa mais fácil a realização dos exercícios. Já no pós-treino, se faz necessário o consumo de alimentos que auxiliam na recuperação muscular para evitar o catabolismo (quando perdemos massa magra).

Assim, você começa a notar os resultados mais rapidamente e se motiva mais para os exercícios. Para saber o que comer antes e depois do treino, procure um nutricionista especializado no assunto.

3. Variação nos exercícios ajuda a alcançar bons resultados

Quando o corpo se acostuma com uma determinada rotina de exercícios, ele deixa de ser impactado por ela. Por isso, é necessário variar no programa de treino para que os resultados apareçam mais rapidamente.

Além disso, é importante para um iniciante na academia evitar ficar só na área mais confortável e trabalhar todos os músculos do corpo. Isso evita a acomodação que desmotiva com o tempo.

4. A execução correta dos exercícios diminui dores

Um dos principais motivos que levam os iniciantes a desistirem da academia é a presença de dores pós-treino. É claro que um pouco de dor é natural quando você sai do sedentarismo e vai treinar. Mas dores em excesso podem significar que a execução dos exercícios foi feita de maneira incorreta.

Portanto, busque o apoio de um personal trainer que ensine como executar cada movimento dos treinos da maneira correta.

5. O descanso é fundamental na prática dos exercícios

É normal que um iniciante na academia comece com muita motivação e queira treinar todos os dias, na esperança de ter resultados mais rapidamente. Entretanto, tudo que esse novato conseguirá é cansar o seu corpo, potencialmente uma lesão e se desmotivar rapidamente.

Para ter efeito, o exercício na academia precisa de um período adequado de descanso, onde o corpo se regenera e tonifica os músculos. Ou seja: descansar é tão importante quanto se exercitar. Assim você não se cansa tanto e não perde a motivação para malhar.

Seguindo essas 5 dicas, qualquer iniciante na academia terá mais facilidade para se dedicar à malhação e logo ultrapassará a barreira do primeiro semestre, que derruba a maior parte dos novatos. Depois disso, é só se dedicar para alcançar os resultados desejados.

Gostou do artigo? Siga a página da Unicpharma no Instagram e fique por dentro de outras dicas e promoções!

This Post Has One Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.