Alergia na pele: causas e sintomas - Blog Unicpharma
Shutterstock 724708591

Alergia na pele: causas e sintomas

A alergia (conheça o xarope ems expector) na pele é uma resposta imunológica ou reação do corpo a substâncias que geralmente não são prejudiciais, mas que, em determinadas pessoas ou situações, causam diferentes erupções cutâneas, que se manifestam como manchas vermelhas, coceira intensa e até bolhas com descamação
Esse tipo de problema pode ocorrer em diferentes regiões do corpo, como mãos, pés, boca, braços, axilas, pescoço, pernas, costas ou barriga.

  • Os agentes causadores mais comuns das doenças alérgicas na pele são:
  • predisposição genética
  • efeito colateral após ingestão de certos alimentos ou medicamentos
  • constante fricção ou atrito na pele
  • após atividades que aumentam a temperatura do corpo
  • picadas de insetos
  • alterações da transpiração
  • produtos industriais, de limpeza ou cosméticos
  • secura da pele
  • estresse
  • contato com algumas plantas e pelos de animais

Principais tipos de alergia

Dermatite atópica: alergia cutânea relacionada com uma predisposição genética (hereditária). Os pacientes reagem exageradamente aos estímulos ambientais (substâncias que causam ou substâncias irritantes). Manifesta-se como eczema, que são lesões inflamatórias crônicas e ou recorrentes da pele, acompanhadas de coceira intensa e pele seca.
Dermatite de contato: as reações a substâncias em contato com a pele podem ocorrer pela ação direta sobre a pele (dermatite de contato irritativa, por exemplo, detergentes e água sanitária) e por mecanismos alérgicos, como bijuterias e esmaltes. Caracteriza-se pelo aparecimento da lesão na área da pele que entrou em contato com o alérgeno e, ás vezes, com disseminação para outras regiões do corpo, e a base do tratamento consiste na descoberta da causa e seu afastamento.
Urticária: As lesões são em forma de placas avermelhadas, com coceira intensa, de localização variável e duração fugaz – elas aparecem em um local e somem, normalmente em menos de 24 horas. A descoberta da causa da urticária requer investigação médica, uma vez que ela pode ser desencadeada por diferentes estímulos como alimentos, medicamentos, picadas de insetos (abelha, pernilongo, pulga e formiga), infecções, doenças autoimunes, doenças hematológicas, distúrbios hormonais, e uma parcela pode não ter a causa detectada ou não identificável.

Tratamento

O tratamento deve ser indicado pelo médico  dermatologista, o tipo de cuidado a ser instituído vai depender da presença e da intensidade dos sintomas, bem como da idade do paciente.  É importante lembrar que o tratamento deve ser individualizado para o tipo de pele do paciente e  para o tipo de alergia que ele manifesta. Como vimos as alergias podem ser de vários tipos e podem ter diferentes fatores desencadeantes.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *