Shutterstock 541169878

O que causa dor de estômago?

Gastrite é uma das principais causas desse desconforto abdominal 
A dor de estômago pode ser um sinal de diversas condições, como pancreatite, colecistite e gastrite. Essa última doença tende a ser uma das principais causas desse desconforto abdominal.
Provocada por infecção bacteriana ou por agentes irritantes, a gastrite pode chegar a um estágio crônico, podendo resultar em úlcera e até mesmo em câncer, se não tratada adequadamente.

Sintomas

Além da dor de estômago, na maior parte dos casos, a gastrite se manifesta com sintomas como sensação estufamento, azia, arrotos frequentes, cólicas náuseas e vômitos.
Alimentação inadequada, com excesso de gorduras e condimentos, além de álcool e café em excesso são alguns dos fatores mais comuns que podem levar à gastrite.

Diagnóstico

O diagnóstico da gastrite pode ser realizado por meio da análise da história clínica do paciente, endoscopia digestiva alta (exame que visualiza a mucosa gástrica e possibilita a realização de biópsia) e raio-x do estômago.
Além disso, para detectar a presença da H. Pylori, uma bactéria que invade o revestimento do estômago e produz substâncias tóxicas que agridem a mucosa gástrica, o médico pode solicitar exame de sangue e fezes ou um teste de respiração.

Tratamento

O tratamento da gastrite depende da causa dessa condição. A gastrite aguda, causada pelo consumo de álcool ou uso prolongado de anti-inflamatórios, por exemplo, pode ser aliviada ao interromper o uso dessas substâncias.
Na presença de H.pylori, o tratamento é realizado com antibióticos indicados pelo médico. Além disso, o especialista poderá indicar medicamentos antiácidos, que neutralizam o ácido clorídrico (HCl) liberado pelas células gástricas.

Como evitar as crises

– Primeiramente, é importante procurar um médico que atue em gastroenterologia para o tratamento adequado;
– Faça refeições mais leves, priorizando verduras e legumes cozidos e carnes assadas;
– Evite o consumo de alimentos gordurosos, frituras em geral, doces concentrados e preparações condimentadas;
– As bebidas alcoólicas devem ser evitadas;
– O excesso de café, chá mate e chá preto podem irritar a mucosa gástrica;
– Evite longos períodos em jejum, que podem piorar as dores de estômago. O ideal é comer de três em três horas e mastigar bem os alimentos;
– Busque formas de gerenciar o estresse, pois a tensão diária pode agravar os sintomas da condição.

 

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *