Qual o benefício de uma alimentação saudável? - Blog Unicpharma
Shutterstock 592236188

Qual o benefício de uma alimentação saudável?

Quando pensamos no que comer para ter boa saúde, fatalmente nos lembramos de nossas mães ou pessoas queridas nos recomendando comer algo que fará bem para alguma função do nosso organismo, não é?
Mas o que o alimento contém para nos beneficiar?
Os nutrientes! O alimento contém nutrientes e substâncias bioativas que terão diferentes efeitos no corpo humano.
O que você talvez não saiba, é que existe uma classificação para esses nutrientes: eles podem ser divididos em macro e micronutrientes.

Qual a diferença entre macro e micronutrientes?

Chamamos de macronutrientes aqueles que devem ser consumidos em maiores quantidades, sendo eles: as proteínas, os carboidratos e os lipídeos.
Os micronutrientes, por sua vez, são aqueles tão importantes quanto o macro, porém o corpo os necessita em quantidades muito menores diariamente, por isso a denominação micronutriente. Eles são as vitaminas e os minerais.

Quais as funções destes nutrientes?

Função energética: carboidratos e gorduras.
Os alimentos fontes de carboidratos ou glicídios (pães, massas, cereais como o arroz e a aveia, batata, mandioca, cará, inhame) devem ser a base de nossa alimentação por serem o nosso combustível principal. São os carboidratos os responsáveis pelo fornecimento da maior parte da energia consumida pelo seu organismo, desde a hora que você acorda e até durante o sono.
Já os lipídeos são encontrados principalmente nos óleos e gorduras, na manteiga e nas sementes oleaginosas. É um nutriente que desempenha várias funções no nosso organismo, tais como: componente das membranas celulares, base para nossos hormônios sexuais, veículo de vitaminas lipossolúveis, além de proteção térmica e física.  Os lipídeos concentram mais energia que os carboidratos, por isso são a nossa forma de armazenamento energético.
Função construtora: os alimentos fontes de proteínas devem ter lugar garantido no nosso cardápio diário pois são os nutrientes base da grande maioria dos nossos tecidos corporais, sendo imprescindíveis para a construção e reparação deles. Seus alimentos fonte são: as carnes, o frango, o peixe, os ovos, o leite e seus derivados como iogurte e queijos e as leguminosas como a soja, ervilha, lentilha, grão de bico e os cogumelos.
Função reguladora: nessa função podemos encaixar todas as vitaminas e minerais. Aqui, precisaríamos de uma conversa muito longa para falar sobre cada vitamina e mineral e sua principal função orgânica. O importante aqui é lembrar que estes micronutrientes funcionam como o óleo que colocamos nas engrenagens para que o motor funcione bem: cada um desses deles participa de determinadas reações do nosso organismo, facilitando sua ocorrência e garantindo o seu bom funcionamento. Para não errar, devemos garantir a ingestão em todas as refeições do nosso dia um ou mais alimentos que contenham representantes desse grupo: os vegetais e as frutas. Sempre lembrando que quanto maior a diversidade de nosso cardápio, maior a chance de ingerirmos todos os micronutrientes que a natureza nos oferece!

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *