8 dicas para melhorar o funcionamento do intestino - Blog Unicpharma
Shutterstock 247425502

8 dicas para melhorar o funcionamento do intestino

A constipação ou intestino preso não é apenas a redução das evacuações mas também a dificuldade para evacuar, com um esforço excessivo, fezes ressecadas e endurecidas  e sensação de esvaziamento incompleto do reto. Ocorre mais frequentemente nas mulheres (2 vezes mais do que nos homens) e nos idosos.
Vai ai algumas dicas e dúvidas frequentes para melhorar o funcionamento do intestino.

Causas do intestino preso

Diversos fatores podem levar um individuo a apresentar intestino preso:

  • Inibição frequente da vontade de evacuar, pois muitas vezes ela pode surgir em momentos inoportunos como no trabalho, ou durante compromissos;
  • Medicamentos como: antidepressivos, diuréticos, medicação para baixar a pressão arterial, anti-inflamatório;
  • Doenças crônicas como: hipotireoidismo, diabetes mellitus, doença de Chagas, esclerose múltipla, trauma medular, amiloidose, entre outras;
  • Dieta inadequada, pobre em fibras;
  • Baixa ingestão de líquido;
  • Sedentarismo

Dicas para melhorar o funcionamento do intestino

O controle alimentar é sempre o passo inicial para melhorar o funcionamento do intestino:

  1. Aumente o consumo de água. Consuma no mínimo de 8 a 10 copos por dia (1,5 a 2L/dia);
  2. Utilize fibras insolúveis na alimentação (20 a 30 gramas de fibras por dia), pois elas aumentam o bolo fecal, o que ajuda o funcionamento do intestino. Alguns exemplos são: cascas de frutas, cereais inteiros, feijão, milho; frutas(laranja, acerola, ameixa preta seca, pêssego, abacaxi, manga, morango, caqui, melancia e figo), verduras e legumes (quiabo, almeirão, mandioca, inhame, cará, milho verde, alface, couve manteiga, couve-flor, repolho, cenoura, mandioquinha, abobora e tomate), leguminosas (ervilha, lentilha, grão de bico e soja), fibras (barras de cereais, aveia, farelo de trigo e cereal matinal), alimentos integrais (pães, arroz, biscoitos e macarrão), sementes (linhaça, girassol, gergelim e quinoa) e outros (iogurtes ou leites fermentados, coalhadas e azeite de oliva)
  3. Faça de 5 a 6 refeições por dia, se alimentando de 3 em 3 horas, em pequenas quantidades sem esquecer das principais refeições.
  4. Mastigue muito bem os alimentos;
  5. Consuma frutas de preferência com casca e bagaço;
  6. Faça atividade física regularmente para estimular movimentos do peristaltismo intestinal;
  7. Estabeleça horários regulares para ir ao banheiro, sendo estes em momentos tranquilos, concentre-se, evite leitura ou celular;
  8. Controle o estresse e a ansiedade

Além da dieta alguns medicamentos ( omo agentes aumentadores de volume, osmóticos, lubrificantes, emolientes, procinéticos e  irritantes ou estimulantes) que tem efeito laxativo , podem ser administrado para auxiliar no controle do habito intestinal, mas devem ser utilizados apenas após investigação e orientação com gastroenterologista.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *