151819 Por Que Fazer Jejum Para Exame De Sangue E Tao Importante

Por que fazer jejum para exame de sangue é tão importante?

O jejum para exame de sangue é um requisito essencial para obter resultados confiáveis em check-ups de rotina ou testes diagnósticos. Afinal, algumas análises podem ser prejudicadas pela ingestão de alimentos. Isso quer dizer, também, que existem parâmetros que não são influenciados pela alimentação.

Continue lendo este post para saber de uma vez por todas em que situações o jejum para exame de sangue é solicitado!

O que é o exame de sangue?

O exame de sangue é a análise laboratorial mais solicitada pelos médicos. Ele é capaz de identificar alterações no funcionamento de diversos órgãos, como o cérebro, o coração, o fígado e os rins. Além disso, o exame também permite detectar doenças e mudanças no metabolismo.

Conheça algumas análises que podem ser feitas a partir do exame de sangue:

  • hemograma: verificação de anemias e infecções;
  • perfil lipídico (colesterol e triglicerídeos): avaliação de indicadores que aumentam o risco de infarto ou acidente vascular cerebral;
  • glicose: análise de sinais de diabetes;
  • ureia e creatinina: avaliação do funcionamento dos rins;
  • TSH, T3 e T4: análise do metabolismo tireoidiano;
  • TGO e TGP (transaminases): avaliação do funcionamento do fígado;
  • eletrólitos: monitoramento da suficiência de elementos essenciais para o funcionamento de todo o organismo;
  • coagulograma: avaliação de parâmetros que influenciam a coagulação.

Quando o jejum para exame de sangue é solicitado?

É preciso esclarecer que nem todos os exames de sangue necessitam de jejum. Confira o tempo que você deve ficar sem comer antes das análises mais comuns:

  • glicemia em jejum:
    – 8 horas a 14 horas ou conforme orientação médica;
  • perfil lipídico:
    – Para pedidos com glicemia, o jejum máximo é de 14 horas.
    – É recomendável a abstinência de álcool 72 horas antes da coleta, pois pode interferir no exame. A abstinência alcoólica não é obrigatória. O cliente pode optar pela realização do exame apesar do consumo de álcool, ou procurar orientação do seu médico.
    12 horas;
  • ureia e creatinina: 3 horas ou conforme orientação médica;
  • TGO e TGP: 3 horas ou conforme orientação médica;
  • TSH: 4 horas ou conforme orientação médica;
  • coagulograma: 3 horas ou conforme orientação médica;
  • eletrólitos (sódio, cálcio, potássio e fósforo): 3 horas ou conforme orientação médica.

Muitas vezes, são solicitadas diversas análises em um mesmo exame de sangue. Nesse caso, o paciente deve permanecer em jejum o tempo necessário para permitir a avaliação de todos os parâmetros requisitados.

É importante salientar que um período de jejum prolongado também pode interferir nos resultados. Quando ficamos mais de 14 horas sem comer, por exemplo, nosso corpo começa a usar suas reservas energéticas e consome as gorduras e proteínas do organismo. Dessa forma, alguns indicadores sanguíneos são momentaneamente alterados.

Quando o jejum não precisa ser realizado?

Como salientado, alguns exames não necessitam de jejum para a coleta do sangue. No entanto, é recomendado que sejam feitas apenas refeições leves antes de realizá-los. Entre eles, destacam-se o hemograma, a análise dos hormônios tireoidanos T3 e T4 e o teste de gravidez.

Em algumas situações, o tempo de jejum deve ser inferior ao que é normalmente indicado, como em exames solicitados para crianças, gestantes, diabéticos e idosos. Nesses casos, é preciso pedir orientação médica sobre o período mínimo durante o qual os alimentos devem ser evitados para que as análises sejam eficazes.

O jejum para exame de sangue é apenas um pequeno desconforto antes da realização de testes cruciais em processos de diagnóstico. Ele deve ser seguido corretamente, para que os resultados sejam precisos e forneçam informações verdadeiras sobre o estado de saúde do paciente.

 

Voltar

This Post Has 2 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *