Narguilé E Seus Malefícios Para Sua Saúde (Foto: SSRJ)

Fumar narguilé pode parecer glamoroso e exótico para alguns, mas é tão viciante quanto fumar–  e talvez mais prejudicial. Mas isso não impediu que este passatempo antigo visse um renascimento entre os jovens de hoje. Assim, neste post, você vai saber três razões pelas quais fumar um ”narga” é prejudicial para saúde.

Os narguilés são canos de água que lembram vasos de metal finos. O carvão serve para aquecer um tabaco doce e pegajoso, produzindo fumaça que é filtrada por água resfriada. A fumaça é inalada por uma mangueira flexível que é passada de um usuário para o outro.

Além disso, os nargas vêm em uma ampla variedade de tamanhos e é fácil guardar modelos pequenos de 20 cm de altura no quarto, armários e até pode virar uma decoração em casa para alguns mais ”viciados”.

Compartilhamento do narguilé

Os jovens podem ser atraídos pela natureza social de fumar narguilé e por sabores que vão do cappuccino à melancia. No entanto, os fumantes de narguilé podem compartilhar mais do que apenas tabaco. Em suma, variam de resfriados, estreptococos e agora potencialmente COVID-19. Esses riscos são amplificados pela proximidade daqueles que compartilham o narguilé e pela tosse na cara uns dos outros com o uso.

Ademais, herpes, que causa feridas labiais / bucais, e o H. pylori, a causa mais comum de úlceras estomacais, também podem ser transmitidos pelo bocal compartilhado.

Em outros países, a tuberculose pode ser transmitida quando os fumantes de narguilé tossem na cara uns dos outros e pode ser cultivada com água do narguilé.

Além dos carcinógenos regulares do fumo, os condimentos são geralmente à base de óleo, e o óleo é incrivelmente inflamatório e danifica as pequenas vias respiratórias nos pulmões. Elementos de aquecimento que têm bobinas de metal também podem liberar íons de metais pesados ​​que também são inflamatórios nos pulmões, causando danos que podem resultar em danos substanciais e a diminuição da imunidade pulmonar

Narguilé é mais tóxico que os cigarros

Além do risco de infecção, a fumaça do narguilé contém os mesmos produtos químicos cancerígenos que os charutos e cigarros. Os fumantes de narguilé também inalam monóxido de carbono, metais pesados ​​e outros compostos tóxicos liberados pela queima de carvão. Fumar em grupo cria bastante fumo passivo. Uma sessão de uma hora envolve inalar 100 a 200 vezes o volume da fumaça inalada de um único cigarro.

Os riscos não param por aí. Assim, outro fator que pode acontecer é a  irritação na boca e aumentam o risco de desenvolver câncer oral e doenças gengivais.

Efeitos cardiovasculares

Os riscos do vício não podem ser minimizados. Os fumantes de narguilé geralmente fumam por mais tempo e com mais frequência, dão mais tragadas e inalam mais profundamente do que os fumantes de cigarro. Eles absorvem mais nicotina em concentrações mais altas devido à forma como a fumaça é resfriada.

Além disso, pode causar doenças isquêmicas do coração, insuficiência cardíaca e desenvolvimento de doença arterial coronariana.

De doenças dentárias a problemas cardiovasculares, compreender os efeitos nocivos do fumo do narguilé são os primeiros passos para deixar o uso ou orientar um colega que seja usuário.

Foto Destaque: Divulgação / SSRJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *