Images

Alimentos podem ser usados como refúgio para trazer conforto

O contato da comida com as papilas gustativas libera substâncias que dão prazer

Chocolate quente, bolos macios, balas sortidas, sopas quentinhas e sorvetes cremosos… Quando os alimentos mantêm uma relação emocional no seu cotidiano podem ser considerados “comidas da alma ou ainda comida refúgio”. O motivo dessa denominação se dá pela necessidade do consumo estar relacionado com o vínculo emocional e, por isso, refúgio, em que as pessoas passam a buscar uma sensação agradável durante o consumo, buscando lembranças mais potencializadas com esse ato. O interessante é que a sensação de bem-estar acaba sendo induzida para o consumo de algum alimento que traga “conforto” e se relacione com o prazer. Este tipo de mecanismo ocorre durante o consumo dos alimentos, pois durante o contato do alimento com as papilas gustativas são liberados inúmeros sinalizadores que conferem ao organismo essa sensação de bem-estar.

Não exagere na dose e traga o equilíbrio de prazer na sua vida para que não seja necessário direcionar apenas para o prazer das lembranças gustativas

O fato de este mecanismo estar relacionado com boas lembranças, não impede de você consumir esses alimentos, é apenas mais um conhecimento que pode ser usado a nosso favor e fazer com que você não consuma porções extras para continuar com a boa sensação. É muito importante que você conheça e perceba essas atitudes, pois possibilita estar mais compatível com o equilíbrio e, consequentemente, ficar mais atento para fazer sempre melhores escolhas.

Escolhemos nossos alimentos por inúmeros motivos, principalmente, na sociedade atual, com diversos tipos de informações, variedades de alimentos e necessidades distintas, sejam elas fisiológicas ou emocionais. O artigo publicado por Brian Wansink e colaboradores, no ano de 2003, na revista científica Physiology and Behavior , nos mostra um pouco do mecanismo que pode estar relacionado com as escolhas dos alimentos e descreve as prováveis relações de preferências e atitudes de 1.004 homens e mulheres americanos.

A resposta dos homens americanos para as preferências alimentares se deu com a maior proporção de escolhas de sorvete, sopa, pizza e massa e foram relacionados com o cuidado que a família apresenta em relação ao homem da casa, principalmente, pela mãe ou parceira. Enquanto as mulheres elegeram o sorvete, chocolate e biscoito e mantiveram relação com a praticidade que esses alimentos apresentam, ou seja, estão prontos para o consumo, sem necessidade de preparo.

Durante a seleção dos alimentos no seu dia-a-dia, lembre-se que os motivos que trazem recordações, geralmente, são os mais envolvidos na escolha do consumo dos alimentos, pois são capazes de emitir sensações de conforto, o que nos dias de hoje traz um grande alento. Porém, não exagere na dose e traga o equilíbrio de prazer na sua vida para que não seja necessário direcionar apenas para o prazer das lembranças gustativas.

Voltar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *