Doação de sangue: veja a importância de se tornar um doador - Blog Unicpharma
Doação De Sangue (Foto: Freepik)

De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 1,6% da população brasileira fazem doação de sangue com frequência. Como resultado, este número é superior ao recomendado pela Organização Mundial da Saúde (1%).

A ideia ainda é fazer com que esse número cresça ainda mais. Assim, o governo iniciou em 2018 uma campanha para chegar em 3% nos próximos anos, mas, para isso, alguns paradigmas precisam ser quebrados. Dessa maneira, se você tem algumas dúvidas ainda sobre doar sangue, conversamos com uma doadora que esclareceu algumas questões e mostrou muito entusiasmo em falar do tema.

Stephanne Cardozo, projetista, de 28 anos, é doadora há cinco anos e, junto ao marido, tem um grupo de Whatsapp onde organizam com outros doadores datas para todos doarem sangue juntos. Assim, além de salvar vidas, se encontram e matam a saudade. Em tempos de pandemia o grupo segue com as doações, mas com máscara e distanciamento social, afinal, mesmo com o coronavírus em alta, os bancos de sangue seguem precisando:

Doar sangue é algo muito importante. É um ato de solidariedade. Existe alguma forma mais fácil de causar um impacto positivo no mundo do que salvar tantas vidas?”, pontuou.

Sobre o grupo: “Nossa ideia era criar uma ação social que ajudasse o ‘mundo’, se é que podemos falar assim, da nossa maneira. No começo eram alguns poucos amigos, foi crescendo, uns saem, outros entram, mas sempre estamos marcando presença no banco de sangue. Ainda é um ‘projeto’ pequeno, mas temos a ambição de crescer. Não por ego, apenas para salvar mais vidas”, revelou.

Doação de Sangue (Foto: Arquivo Pessoal)

Grupo de Doação de Sangue (Foto: Arquivo Pessoal)

Doação de sangue dói?

Stephanne ainda falou sobre a grande dúvida de muitas pessoas: doar sangue dói? Ela esclareceu e ainda mostrou satisfação em ajudar diversas pessoas.

“Doar sangue não custa nada, é super fácil e não dói! Cada doação pode salvar até 4 pessoas. Essa boa ação dá uma alegria nova no meu dia, uma sensação de estar fazendo minha parte e também melhora muito o meu humor”, completou.

Agora você não tem dúvidas, certo? Se perdeu o medo e agora quer doar, confira nosso post sobre as 5 coisas que você precisa saber antes de doar sangue. Além disso, você pode entrar no grupo da Stephanne clicando aqui

Foto Destaque: Divulgação/Freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *