12 fatos que você precisa saber sobre obesidade - Blog Unicpharma
Fat Boy With Overweight Checking

12 fatos que você precisa saber sobre obesidade

Obesidade é uma doença crônica que tende a piorar com o passar dos anos

  1. Obesidade é uma doença crônica que tende a piorar com o passar dos anos. Além de reduzir a qualidade de vida, pode trazer doenças como diabetes, doenças cardiovasculares, asma, gordura no fígado e até alguns tipos de câncer.
  1. Brasileiros atingem maior índice de obesidade nos últimos treze anos. Uma pesquisa do Ministério da Saúde mostra que número de obesos no país aumentou 67,8% entre 2006 e 2018.
  1. Apesar de o excesso de peso ser mais comum entre os homens, as mulheres apresentam obesidade ligeiramente maior, com 20,7%, em relação aos homens,18,7%.
  1. De acordo com o Ministério da Saúde, as pessoas engordam por quatro motivos: comem muito, têm gasto calórico diminuído, acumulam gorduras mais facilmente ou têm mais dificuldade de queimá-las.
  1. A pessoa tem maior tendência a engordar e menor capacidade de emagrecer quanto menor for a sua capacidade de queimar as gorduras. Fatores genéticos têm grande influência na determinação dessa condição.
  1. Existem diversos tipos de obesidade quanto à distribuição de gordura. Os mais característicos são o que dá ao corpo o formato de uma maçã (mais comum em homens) e o que torna o corpo parecido com uma pera, fino em cima e largo nos quadris e nas coxas (mais comum em mulheres).
  1. A obesidade em forma de maçã está associada a doenças como o diabetes não dependente de insulina e as doenças cardiovasculares. A obesidade em forma de pera está associada a celulite e varizes, além de problemas de pele e ortopédicos.
  1. Quando a gordura se acumula entre os órgãos do abdômen e aumenta a barriga, alerta ligado! Esse tipo de gordura está por trás de muitos males fatais associados à obesidade.
  1. A medida da circunferência abdominal reflete de forma indireta o conteúdo de gordura entre os órgãos da região. A Organização Mundial da Saúde estabelece que a medida igual ou superior a 94cm em homens e 80cm em mulheres, já aumenta o risco de doenças ligadas ao coração.
  1. O tratamento da obesidade varia de acordo com a gravidade da doença. Em alguns casos, são necessários medicamentos ou até mesmo intervenções cirúrgicas. Mas existem recomendações gerais adequadas para a grande maioria dos obesos: educação alimentar e prática regular de atividade física.
  1. O Guia Alimentar para a População Brasileira é um importante orientador de escolhas mais adequadas e saudáveis, baseado principalmente no consumo de alimentos in natura ou minimamente processados. As informações também são úteis para a prevenção e controle da obesidade.
  1. Os profissionais de saúde que podem ajudar você a prevenir e tratar a obesidade são o endocrinologista, o nutricionista e o educador físico.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *