Doctor Of Internal Medicine And Cardiologist Holding In His Hands And Shows To Patient Figure Of Red Card Heart During Medical Consultation. Explanation Of Causes Of Heart, Diagnosis And Treatment

As consequências da hipertensão arterial para a saúde

Entenda como a doença acontece e o que ela pode gerar em seu organismo

A hipertensão arterial, doença caracterizada pela pressão arterial igual ou maior que 14 por 9, faz parte das doenças crônicas não-transmissíveis de maior índice em nosso país. De acordo com a Sociedade Brasileira de Hipertensão, mais ou menos 25% da população brasileira adulta pode ser considerada hipertensa. Mas você sabe quais são as possíveis consequências desse quadro para a sua saúde?

Por que a hipertensão arterial acontece?

Vamos começar entendendo a mecânica! A principal função do coração é impulsionar e bombear o fluxo sanguíneo pelos vasos sanguíneos (artérias e veias) que percorrem o nosso corpo todo. A pressão arterial é justamente a pressão exercida nos vasos sanguíneos conforme o fluxo é bombeado.

A pressão máxima é aquela medida quando o coração contrai e expulsa o sangue de seu interior para os vasos sanguíneos e a mínima é quando ele dilata e se enche de sangue novamente.

Quais os fatores de risco para a hipertensão arterial?

O que acontece é que alguns fatores aumentam essa pressão porque estreitam os vasos sanguíneos e acabam exigindo que o coração faça um maior esforço para o sangue circular corretamente. Isso pode gerar dores no peito e na cabeça, fraqueza, tonturas, visão embaçada e até sangramento nasal.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, entre esses fatores podemos encontrar:

  •         Os não modificáveis: que incluem idade (acima dos 60 anos), raça (mais comum em afrodescendentes) e genética (um ou mais casos na família);
  •         E os modificáveis, que podemos evitar e nos prevenir: como obesidade, sedentarismo, alta ingestão de sal, estresse, tabagismo e abuso de bebidas alcoólicas.

O que a hipertensão arterial pode causar?

Quando o coração passa muito tempo precisando fazer esse esforço a mais, os vasos podem acabar tão danificados que entopem e/ou rompem. Além disso, e o fluxo sanguíneo não é distribuído corretamente para o corpo todo e o seu organismo pode acabar seriamente prejudicado. Entre as consequências, estão:

  •         AVC’s (derrame cerebral por causa de um rompimento ou entupimento de uma veia no cérebro). A hipertensão é responsável por, em média, 80% dos casos dessa condição;
  •         Infarto (40% dos casos são associados à pressão alta);
  •         Insuficiência cardíaca;
  •         Arritmias;
  •         Diminuição da visão (levando em alguns casos à cegueira);
  •         Insuficiência e até paralisação renal;
  •         Sem tratamento, todas essas consequências podem resultar em óbito.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *