Máscara 01

Qual máscara facial é a melhor para a sua pele?

Argila, aloe vera e vitamina C podem combater irritações e devolver o brilho

Com o simples hábito de aplicar máscara facial uma vez por semana, você pode acelerar o tratamento contra diversos problemas de pele, desde acne até rugas e flacidez. Mas é preciso aliar esse cuidado ao uso de filtro solar, ácidos e outros cremes, além de saber escolher os produtos com a composição certa para o seu tipo de pele.

O primeiro passo na escolha da máscara facial é observar a textura. “Se a pele apresentar sinais ou tendência ao ressecamento, prefira máscaras mais pesadas e cremosas, já para peles oleosas, máscaras mais finas – como o sérum – são mais eficazes”, explica o cosmetólogo Paschoal Rossetti Filho. O outro passo é selecionar os produtos pelos princípios ativos. Confira os componentes que especialistas indicam para cada situação.

Pele com rugas e sinais de envelhecimento

Máscaras tensoras, à base de ácido retinoico, retinol e derivados são boas opções para conter os sinais de envelhecimento da pele. “Componentes antioxidantes, como vitamina C e elementos do chá verde, também são eficientes porque previnem o fotoenvelhecimento ao diminuir a produção de radicais livres na pele”, conta a dermatologista Juliana Gumiero, de Uberlândia (MG). Além disso, máscaras com argilas, peptídeos e proteínas (colágeno) também são ótimas contra a pele flácida.

Pele seca

A esteticista Maricler Fernandes, do Espaço UMA, em São Paulo, indica máscaras nutritivas, como as que levam abacate na composição. “Elas repõem o óleo, melhorando o ressecamento da pele”, explica. Outra sugestão, da dermatologista Juliana, é usar máscaras à base de ácido hialurônico e aquaporine, que são responsáveis por um aumento na retenção de água da pele, contribuindo para uma hidratação mais prolongada.

Pele oleosa

A máscara de argila verde é ótima para combater a oleosidade. “Ela promove a limpeza profunda dos poros e desintoxica a pele”, conta o cosmetólogo Paschoal. Ele conta que algumas formulações encontradas no mercado adicionam ativos funcionais na máscara de argila para potencializar ainda mais o efeito contra a pele oleosa, como o polihidroxiacido gluconolactona, que é um antioxidante adaptado a todos os tipos de pele, ideal para pele sensível.

Pele com acne e inflamações

“Máscaras secativas são ótimas para ajudar no processo de secar a acne”, afirma Maricler Fernandes. Para esse efeito, procure produtos que tenham peróxido de benzoila associado a antibióticos tópicos, como a clindamicina. “Você também pode usar produtos à base de ácido retinoico ou adapaleno”, sugere a dermatologista Juliana. A médica recomenda fazer sempre um teste em uma área pequena, uma vez que esses produtos podem provocar alergias.

Pele com manchas

Ácidos que ajudam a clarear são bons componentes da máscara para quem tem manchas. “Vitamina C, mandélico e extrato de uva ursi são alguns exemplos”, afirma o cosmetólogo Paschoal. Máscaras com frutas cítricas também são boas opções, como limão, laranja e abacaxi. Mas lembre-se de passar protetor solar diariamente, que ajuda a prevenir novas manchas indesejáveis.

Pele irritada e sensível

Juliana Gramieiro indica produtos com aloe vera, camomila e calêndula, que ajudam a acalmar a irritação. O cosmetólogo Paschoal também cita outros componentes que mantêm a pele hidratada e, portanto, mais protegida de irritações: “Argila branca com alta concentração de silício, enriquecida com glicerina, glicóis e lactato de amônio, pois têm grande capacidade de retenção da umidade sobre a pele”. A máscara ainda pode conter oligoelementos, como zinco, cobre, magnésio e ferro.

Pele sem brilho e viço

A falta de brilho na pele pode ser sinal de que ela não está corretamente hidratada. Por isso, invista em máscaras hidratantes. “Ela pode ser formulada com potássio combinado com ácido carboxílico, ácido hialurônico ou cristais de oliva”, sugere Paschoal Rossetti Filho. Componentes de máscaras nutritivas também ajudam a deixar a pele mais viçosa: vitaminas E, C e complexo B, além de peptídeos, óleo de canola e de girassol. Segundo o cosmetólogo Paschoal, esses óleos são vegetais e podem ser aplicados, inclusive, na pele oleosa.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *