Quais patologias vasculares provocam dor na perna? - Blog Unicpharma
Shutterstock 452796736

Quais patologias vasculares provocam dor na perna?

Conheça três condições com esse sintoma que precisam de atenção
Trabalho o dia todo andando de um lado para o outro, abusou dançando em uma festa no final de semana ou exagerou muito na academia? Provavelmente, uma dessas situações já aconteceu com você e em todas elas você sentiu aquela famosa dor na perna, de precisar deitar com ambas para cima, certo?
Essas são situações normais em que o corpo todo fica exausto e precisa de repouso e, como as pernas e os pés são os responsáveis por sustentar nosso peso, é normal que eles sejam os mais afetados.
O problema é quando essa dor na perna não está associada a nenhum esforço e começa a ser constante e/ou incomodar mais do que devia. Nesses casos, você precisa escutar o sinal de alerta do seu corpo e saber que pode ser que você possua uma patologia vascular.

Doença arterial periférica

Essa condição pode enganar, porque a dor na perna, apesar de mais intensa que o normal, surge com o esforço, mas também desaparece quando há o descanso. O problema é que acontece sempre, com qualquer tipo de movimento a mais.
Isso acontece porque as artérias se estreitam por causa do acúmulo de placa aterosclerótica, assim a oxigenação e o fluxo de sangue nos membros inferiores não são suficientes e prejudicam os movimentos.
É necessário um tratamento com medicação para evitar complicações que podem até levar a perda do membro. Em quadros mais graves, também pode haver a necessidade de cirurgia.

Varizes

Sabe aqueles vasinhos inchados e marcados que você encontra nas pernas? Essas são as varizes, condição em que as válvulas de controle da circulação sanguínea dentro das veias estão comprometidas e provocam acúmulo de sangue nas pernas.
Elas também podem ser a causa da dor na perna além de desconforto estético.

Trombose

Essa doença é caracterizada por um quadro de dor intensa e inchaço, principalmente nas pernas e pés, pois ela é causada coagulação do sangue no interior das veias, situações como esta que não deveria acontecer. Como pode evoluir até mesmo para uma embolia pulmonar, precisa de atenção imediata.

 

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *