Os cuidados com a voz rouca - Blog Unicpharma
Shutterstock 570637027

Os cuidados com a voz rouca

Atitudes simples e hábitos saudáveis evitam complicações
Você sabia que a rouquidão é como o pedido de socorro da voz? Por mais comum que pareça ser ficar com a voz rouca, essa reação do corpo acontece quando há a exaustão da voz. E estar com a saúde vocal comprometida afeta toda a sua vida, afinal é pela voz que nos comunicamos.
A voz sofre o envelhecimento natural, como muitas outras partes do corpo, e precisa ser protegida para não desencadear doenças graves. Dados da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia apontam que entre 20 e 30% da população geralmente desenvolve algum tipo de lesão nas cordas vocais.
Por isso, se você já está apresentando um quadro de voz rouca devido ao esforço ou uso excessivo, é importante tomar o dobro de cuidado e evitar algumas atitudes para fugir das complicações:

    • Não continue forçando a voz: A rouquidão pede o descanso da voz. Gritar, sussurrar, falar rápido e/ou sem pausas, pigarrear sem parar e forçar para que a voz volte ao normal só vai agredir mais as cordas vocais. Inclusive, são atitudes que deveriam sempre ser evitadas.
    • Ingestão de líquidos: Passar grandes períodos sem beber água prejudica a saúde vocal. A hidratação do corpo e da garganta ajuda para que a voz rouca volte ao normal.
    • Alimentação é um fator de influência: Como para todas as outras condições de saúde, quando falamos de cuidados com a voz a alimentação também pode ser decisiva. Alimentos ricos em ácidos e gorduras podem ser prejudicais para a voz e agravar a rouquidão. Outra dica para preservar a saúde vocal é evitar comer tarde da noite.
    • Controle seu estresse: Assim como voz rouca pode ser um sintoma do estresse, o contrário também acontece. Ou seja, o estresse, tão comum no cotidiano atual, pode prejudicar a saúde vocal e ser o causador dessa condição.
    • Evite o tabaco: As substâncias tóxicas do cigarro podem provocar uma inflamação crônica nas cordas vocais e desencadear doenças. Quando a sua voz já está prejudicada, a chance de gerar quadros mais graves é maior.
    • Bebidas alcoólicas são prejudiciais: O conceito é o mesmo do tabaco. O álcool é tóxico para o corpo e pode irritar ainda mais a voz lesionada.
    • Não se automedique: Chupar balas e pastilhas ou ingerir qualquer outro tipo de medicamento, controlado ou caseiro, sem indicação, além de não resolver, pode agravar o problema.
    • Procure um médico: A voz rouca em casos recorrentes ou acompanhada de outros sintomas é sinal de diversas doenças, que podem progredir ou ter complicações irreversíveis sem diagnóstico e tratamento precoce.

 

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *