Hiki Hcvr1

7 Dicas Para Superar o Medo da Academia

Além da preguiça e da falta de tempo disponível devido ao trabalho, outro motivo que pode fazer com que as pessoas se afastem da academia é o medo. Pode ser medo de não conseguir fazer os exercícios mais difíceis, das pessoas saradas já acostumadas com os treinamentos os acharem fracos ou de se machucar com os equipamentos de ginástica.

Seja qual for a origem, fato é que isso pode atrapalhar a vida de muitas pessoas, impedindo que elas frequentem uma academia e pratiquem exercícios físicos com orientação apropriada.

Se você é um desses que sofre com o medo de treinar na academia, continue com a gente e não deixe de conferir a nossa série de dicas sobre como superar o medo da academia.

1. Pratique exercícios mesmo sem estar na academia

Estar matriculado em uma academia facilita a prática de exercícios, já que você tem uma série de aparelhos de ginástica e profissionais à sua disposição. Porém, se você ainda não conseguiu superar o medo e não frequenta uma academia, não faça disso uma desculpa para não se movimentar.

Comece fazendo caminhadas, corridas ou dando uma volta de bicicleta próximo a sua casa. Você também pode pedir alguns conselhos para um profissional de educação física a respeito dos exercícios que você pode fazer ao ar livre ou na sua própria residência e as técnicas corretas para não se machucar.

Ainda é possível que você monte uma academia dentro de casa – se você tiver dinheiro disponível e espaço na sua residência. Converse com o seu personal trainer sobre a possibilidade, pergunte quais os equipamentos indicados para o seu caso, pesquise os preços e não demore para colocar o corpo em movimento.

Caso você ainda se sinta um pouco envergonhado por conta do peso em excesso, faça os exercícios em horários em que não há muitas pessoas por perto. Mas lembre-se, não há nada de errado em perceber que precisa perder alguns quilos, querer se cuidar e começar a se exercitar do zero.

Quando você notar os efeitos dos treinos e se sentir mais seguro com o seu corpo, não deixe de procurar uma academia.

 

2. Escolha uma boa academia

Ao procurar uma academia para se matricular, faça uma pesquisa antes para não se frustrar e acabar desistindo das aulas. Tenha em mente o que você quer e deseja e escolha uma que seja próxima de sua casa, que abra nos horários em que você pode frequentar (de preferência que seja 24 horas), que tenha bons profissionais, uma boa estrutura de equipamentos e as aulas que você deseja fazer.

Se são os membros da academia que te deixam um pouco inseguro, procure saber se não há um amigo interessado em malhar junto com você, para não se sentir tão sozinho, ou busque por estabelecimentos em que há separação de turmas como por sexo, idade ou por pessoas com excesso de peso.

Por fim, escolha um local que faça com que você se sinta bem e para onde tenha vontade de retornar.

3. Evite ir em horários em que a academia lota

Se você percebe que quando a academia está lotada você fica inibido, tem vontade de fugir do local e seu rendimento não é muito bom, procure saber com os atendentes quais os horários de menor movimento e tente organizar a sua agenda de modo que você consiga ir malhar nesses períodos.

Assim, ao se sentir mais confortável, o seu treino pode render mais, você pode obter melhores resultados e o seu tempo na academia pode se tornar mais agradável.

 

4. Não se compare com as outras pessoas na academia

Quando for malhar, evite ao máximo ficar olhando os corpos das outras pessoas e comparar o deles com o seu. Você pode até não pensar nisso no momento, mas todos que frequentam uma academia tiveram que começar a malhar em algum ponto e certamente não tinham os belos e sarados corpos que hoje ostentam.

Faça o seu melhor para focar em si mesmo e no que você pode fazer para melhorar o seu condicionamento físico.

 

5. Não tenha medo de testar novos equipamentos e exercícios diferentes

Alguns exercícios mais diferentes ou equipamentos novos da academia podem parecer um pouco complicados de serem executados em uma primeira olhada. Entretanto, se um deles despertar a sua curiosidade ou interesse, não deixe que o medo te impeça de perguntar ou experimentar.

Peça informações ao seu personal trainer sobre eles e pergunte se ele acha que o exercício ou aparelho pode ser bom para você e pesquise a respeito deles na internet para saber um pouco mais.

Se entender que deve tentar, mas ficar com vergonha, pergunte ao treinador se você não pode se exercitar em um cantinho mais escondido, somente para saber como é. Ao experimentar você saberá realmente como funciona o aparelho ou exercício, e caso se saia bem, poderá ter coragem para executá-lo na frente de mais pessoas.

 

6. Comece devagar e com segurança

Não tenha vergonha ou medo de parecer fraco ao começar pegando leve na academia. Se for fazer levantamento de peso, por exemplo, certifique-se de colocar o quanto você aguenta, para não correr o risco de se machucar ou não conseguir executar o exercício.

Também não precisa se pressionar para ficar muito tempo na academia. Faça de acordo com o tempo que você aguenta, converse com o seu personal trainer sobre como melhorar a sua resistência e quando estiver mais seguro e com o condicionamento físico mais fortalecido, passe para um treino mais pesado.

 

7. Seja amigável e divirta-se!

A melhor maneira de acabar com o medo de frequentar a academia é torna-la um lugar agradável ao qual você queira voltar. Se alguém quiser conversar com você, não monte a guarda por conta da vergonha ou insegurança; dê atenção ao colega.

Se ele pedir ajuda para fazer algum exercício ou perguntar sobre o seu, responda e abra a possibilidade para novas amizades. Quem sabe você não encontra ali um companheiro de malhação? Ter alguém do lado é uma ótima maneira de se sentir estimulado.

Da mesma forma, não fuja ou despreze os fortões e sarados caso eles queiram conversar com você. Como mencionamos anteriormente, todo frequentador de academia provavelmente teve que partir de um ponto para chegar ao corpo ideal. Sendo assim, escute o que ele tem a dizer e pergunte como ele era antes de malhar e o que ele fez para chegar onde chegou. Você pode se surpreender com histórias bacanas de superação e se sentir motivado a continuar na academia por bastante tempo.

 

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *