Síndrome de Burnout: o que é, sintomas e tratamento - Blog Unicpharma
IStock 1040991478

Síndrome de Burnout: o que é, sintomas e tratamento

Você já ouviu falar sobre a Síndrome de Burnout? Esse distúrbio emocional, segundo dados de uma pesquisa do International Stress Management Association (Isma-BR), afeta mais de 33 milhões de pessoas no país. Mas afinal, o que caracteriza essa Síndrome? 

Traduzido do inglês, a palavra “Burnout” significa “queima exterior” e está diretamente relacionada ao esgotamento profissional. Na maioria dos casos, a Síndrome se desenvolve até atingir um nível de estresse e exaustão incontroláveis, podendo ocasionar crises de nervoso e ansiedade. 

Segundo especialistas, é comum que o distúrbio afete principalmente os profissionais que trabalham sob pressão e que necessitam lidar com muitas responsabilidades ao mesmo tempo. 

Quais são os sintomas da Síndrome de Burnout?

Entre os principais sintomas do Burnout estão: 

  • Cansaço físico e mental em excesso; 
  • Insônia;
  • Dor de cabeça recorrente;
  • Dores musculares;
  • Pressão alta;
  • Falta de concentração;
  • Alterações intensas no humor;
  • Complicações gastrointestinais; 
  • Sentimentos negativos constantes;
  • Alterações no apetite;
  • Isolamento social. 

É importante ficar atento aos sinais descritos acima. Em alguns casos, eles podem ser passageiros, mas quando não, necessitam de tratamentos médicos para o seu controle. 

Como é feito o diagnóstico e o tratamento da Síndrome de Burnout?

O diagnóstico deste distúrbio deve ser feito a partir de uma análise clínica de um psiquiatra ou psicólogo. 

Geralmente, a Síndrome de Burnout pode ser tratada por meio de psicoterapias. Entretanto, em alguns casos, o uso de medicamentos também pode ser solicitado. Desenvolver atividades físicas e de lazer também são formas de aliviar os sintomas.

É fundamental ressaltar que o não tratamento pode desenvolver uma piora no quadro do paciente, por isso, o acompanhamento médico é tão necessário. 

Como evitar a Síndrome de Burnout?

Com algumas recomendações, é possível evitar a Síndrome de Burnout. Veja abaixo algumas delas:

  • Comece a praticar atividades fora da rotina;
  • Evite o contato com pessoas “negativas”;
  • Adote uma rotina mais leve;
  • Evite o consumo de bebidas alcoólicas. 

Ao menor sinal do distúrbio, procure ajuda médica! 

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *