Manchas escuras na visão? Podem ser moscas volantes - Blog Unicpharma
Moscas Volantes

Manchas escuras na visão? Podem ser moscas volantes

Elas são facilmente percebidas durante a leitura ou quando se olha fixamente para uma parede vazia

De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), moscas volantes são pequenos pontos escuros, manchas, filamentos, círculos ou teias de aranha que parecem se mover na frente de um ou de ambos os olhos. Esse efeito é mais facilmente percebido durante a leitura ou quando se olha fixamente para uma parede vazia ou o céu azul.

O que são as moscas volantes

Os especialistas do Instituto Panamericano da Visão explicam que, na realidade, as moscas volantes são minúsculos grumos de gel ou células dentro do corpo vítreo: o fluido gelatinoso, que preenche o interior do olho.

A impressão que se tem é de que as moscas volantes estão diante do olho, mas, na verdade, elas estão flutuando dentro dele. O que se vê são as sombras projetadas sobre a retina: camada do fundo de olho que percebe a luz e envia o estímulo luminoso até o cérebro.

O que causa as moscas volantes?

Com o processo natural de envelhecimento, o corpo vítreo do olho tende a se contrair, podendo se separar da retina em alguns pontos. É esse descolamento que costuma causar as moscas volantes.

De acordo com a CBO, o descolamento do vítreo posterior ocorre com maior frequência depois dos 45 anos, nas pessoas míopes, nos pacientes submetidos à cirurgia de catarata ou à aplicação de laser YAG após cirurgia de catarata e naqueles que sofreram algum tipo de inflamação ocular.

Mesmo que não apresente um grande risco para a visão, a percepção de moscas volantes (mesmo que seja uma única “mosca”) deve ser investigada o mais rápido possível por meio de um exame com o oftalmologista.

Como é feito o tratamento

Em geral, as moscas volantes não precisam de um tratamento específico. Algumas delas podem permanecer no campo de visão, mas muitas diminuem ou desaparecem com o tempo, deixando de incomodar.

Quando aparecem em grande quantidade, causando visão muito opaca, um grande desconforto ou comprometimento da visão, um procedimento cirúrgico pode ser considerado para resolver o problema.

Nos casos em que o descolamento do vítreo vier a causar alguma lesão da retina, o tratamento pode incluir a aplicação de laser. E nas situações de maior gravidade, que tenham evoluído para um descolamento de retina, o oftalmologista pode recomendar uma cirurgia que evite maior comprometimento da visão.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *