Suplementos de vitamina A poderiam salvar milhares de vidas - Blog Unicpharma
BANA2011 00727

Suplementos de vitamina A poderiam salvar milhares de vidas

Segundo OMS, 190 milhões de crianças apresentam deficiência do nutriente

Um estudo publicado no British Medical Journal revelou que incluir suplementos de vitamina A na dieta de crianças menores de cinco anos poderia salvar 600 mil vidas por ano. A análise foi liderada por pesquisadores da University of Oxford, no Reino Unido, e da Aga Khan University, no Paquistão.

Para a pesquisa, foram utilizados 43 estudos anteriores, que envolviam 200 mil crianças com idade entre seis meses e cinco anos. Foram avaliadas, então, as doenças mais frequentes, as principais causas de morte e quais delas recebiam ou não quantidade suficiente de vitamina A.

Cerca de 24% das mortes analisadas poderiam ter sido evitadas caso elas tomassem suplementos do nutriente. Além disso, essa ingestão diminuiria os casos de sarampo e diarreia pelo mundo.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 190 milhões de crianças com idade menor do que cinco anos apresenta deficiência da vitamina.

A vitamina A é essencial para o sistema imunológico e para a manutenção da visão, sendo a cegueira noturna uma das consequências de sua falta no organismo. O nutriente pode ser encontrado em alimentos como queijos, ovos, bife de fígado e óleo de peixe.

Vitamina A ajuda a controlar o apetite

Os últimos estudos envolvendo vitamina A têm tudo para mudar completamente o conceito de quem acha que, no máximo, ela é boa para a saúde dos olhos. É que a esse nutriente também é um grande aliado contra a obesidade. Estudos realizados pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) apontam a relação da vitamina com a leptina, o chamado hormônio da saciedade.

“A vitamina A pode ser encontrada no bife de fígado, em ovos e em vegetais e frutas de tons alaranjados, como o mamão, laranja, abóbora e cenoura”, explica a nutricionista chefe do MinhaVida, Roberta Stella. Segundo as pesquisas, a falta da vitamina A diminui a produção de leptina, causando ataques de gula.

Por outro lado, quando os níveis de vitamina A estão abaixo da necessidade do organismo, as células de gordura (adipócitos) se multiplicam com maior facilidade.

E o que é pior: elas não só aumentam de quantidade, mas também de tamanho, provocando aumento de gordura localizada no corpo.

Além de ajudar a controlar o peso, a vitamina A protege o esqueleto, os pulmões e o coração, sem falar os olhos, claro, e o sistema imunológico.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *