Alongamento de unhas causa alergia? - Blog Unicpharma
Woman Inspecting Her Freshly Painted Nails

Alongamento de unhas causa alergia?

Não necessariamente, mas há outros danos às unhas que devem ser considerados

Existem diversas técnicas de alongamento de unhas: postiças, de gel, acrílico e até fibra de vidro. Após estudo de vários casos na Inglaterra, a Associação Britânica de Dermatologistas emitiu um alerta de que produtos químicos acrílicos, os principais ingredientes em unhas de acrílico, de gel e de polimento de gel, podem, sim, causar alergia.

Como são os procedimentos

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o molde de gel usado para o alongamento de unhas é aparentemente inofensivo. O problema são as técnicas de aplicação utilizadas, que são muito variadas.

Para fixar as unhas de gel, podem ser utilizados produtos que contêm metil metacrilato, uma substância que pode aumentar o risco de dermatite de contato e irritação.

Além disso, para retirar o alongamento em gel, é necessário mergulhar as unhas por alguns minutos em removedores de esmalte. Em geral, esses produtos são considerados seguros, mas não devem ser utilizados em grande quantidade nem por muito tempo.

Nem os tradicionais alongamentos com unhas postiças saem ilesos. A SBD recomenda que o procedimento (geralmente, caseiro) seja feito em um ambiente bem ventilado para dispersar o cheiro forte da cola – outro produto químico que também pode causar alergia.

Quais são os riscos do alongamento de unhas

Independentemente do método usado, os especialistas em dermatologia são categóricos: todo alongamento traz danos às unhas originais, que tendem a se tornarem fracas, quebradiças e opacas.

Os procedimentos para o alongamento de unhas também podem colaborar para o desenvolvimento de fungos e bactérias (que acarretam outros problemas de saúde, como as micoses), e os produtos químicos podem trazer reações alérgicas, como a dermatite de contato.

Pessoas com doenças de pele, de pele sensível, com psoríase da unha e infecções de unha em geral devem evitar qualquer tipo de alongamento, já que que todos podem piorar o quadro existente.

Como a alergia se manifesta?

Especialistas da SBD afirmam que as reações alérgicas podem envolver o afrouxamento das unhas ou uma vermelhidão com coceira.

No caso desse último sintoma, vale o alerta: ele não acontece apenas nas pontas dos dedos, mas em qualquer parte do corpo que tenha entrado em contato com as unhas. Em geral, pálpebras, rosto, pescoço e região genital são as mais afetadas.

Por conta dessa manifestação em locais do corpo que não envolvem, necessariamente, as unhas, muita gente sofre com a alergia sem saber. Daí a importância de se consultar um dermatologista sempre que alguma manifestação estranha na pele aparecer.

Vale lembrar, ainda, que quando uma complicação nas unhas acontece, é preciso paciência. O tratamento demora, no mínimo, seis meses para que elas voltem ao normal. Então, todo cuidado é recomendado.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *