Dor no quadril pode ser bursite - Blog Unicpharma
Shutterstock 1117121852

Dor no quadril pode ser bursite

Caracterizada por uma inflamação das bursas, que ficam ao redor das articulações, a bursite gera dor intensa no quadril

Você sabia que boa parte dos casos de dor no quadril estão relacionados à bursite? Caracterizada por uma inflamação das bursas, bolsas de líquidos localizadas ao redor das articulações, a bursite pode afetar qualquer área do corpo, principalmente os quadris. 
Existem duas bolsas principais no quadril que geralmente ficam irritadas e inflamadas. Uma é a que cobre o osso do quadril chamado de trocanter maior, levando a um quadro conhecido como bursite trocantérica.
Já a outra bursa – a iliopsoas – está localizada no interior do quadril (ao lado da virilha). Quando esta bursa se inflama, os médicos costumam se referir a ela como bursite do quadril, embora a dor esteja localizada na região da virilha. Esta condição não é tão comum quanto a bursite trocantérica, mas é tratada de forma semelhante.
Sintomas
O principal sintoma da bursite trocantérica é dor na lateral do quadril. Esse incômodo geralmente se estende para o exterior da área da coxa. Nos estágios iniciais, a dor no quadril é intensa e, com o tempo, se espalha por toda a área dos quadris.  
Normalmente, a dor piora durante a noite, quando a pessoa está deitada ou se levanta depois de um longo período sentada. Também pode piorar com uma caminhada prolongada, escalada ou agachamento.
Fatores de risco
A bursite do quadril pode afetar qualquer pessoa, mas é mais comum em mulheres e pessoas de meia-idade ou idosos. Movimentos repetitivos, traumas, doenças na coluna lombar e artrite também pode levar a essa condição. 
Como tratar a dor no quadril 
No geral, o tratamento para a bursite envolve evitar atividades que pioram os sintomas, administrar medicamentos anti-inflamatórios e aplicações de corticoides no local afetado, além de fisioterapia para fortalecer os quadris. 
Se a bursa permanecer inflamada e dolorida depois de todos os tratamentos mencionados acima, o médico pode recomendar a remoção cirúrgica da bursa. No entanto, esses casos são raros.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *