Por que bicicletas elétricas também são boas para a saúde? - Blog Unicpharma
Speedpedelec

Por que bicicletas elétricas também são boas para a saúde?

Muitas vezes, as pessoas associam bicicletas elétricas a um exercícios para preguiçosos. Mas apesar de realmente não poderem fornecer um exercício físico tão bom como o de bicicletas normais, elas ainda são muito melhores do que se locomover dirigir um carro.

Um novo estudo da University of Colorado, nos Estados Unidos mostrou como o uso regular de uma bicicleta elétrica melhora a aptidão e a saúde cardiovascular.

Para os testes, 20 “passageiros sedentários” locomoviam-se para o trabalho por bicicletas elétricas pelo menos três vezes por semana, durante 40 minutos por dia. Eles usavam um rastreador GPS e um monitor de frequência cardíaca. As bicicletas que eles usaram eram modelos auxiliados eletricamente, chamadas pedelecs, que utilizam um motor elétrico para impulsionar a própria força do piloto. Você ainda pedala, mas é muito mais fácil – subir uma ladeira parece como um trecho plano, por exemplo.

As bicicletas utilizadas no estudo chegavam sozinhas a 20 milhas por hora (32 km/h). Acima disso, somente com o poder das pernas. De acordo com os rastreadores GPS, os participantes tiveram uma média de 12,5 mph (entre 19 e 20 km/h).

Depois de um mês, testes de saúde mostraram que os indivíduos tinham uma melhor saúde cardiovascular, mais capacidade aeróbica, e melhor controle de açúcar no sangue em comparação com seu níveis anteriores. “Pedelecs são uma forma eficaz de transporte ativo que pode melhorar alguns fatores de risco cardiometabólico no prazo de apenas quatro semanas”, concluiu o estudo.

O estudo da University of Colorado mostra os benefícios de incluir exercícios na vida cotidiana, seja qual for a intensidade deles. “Locomover-se com uma pedelec pode ajudar as pessoas a incorporar a atividade física em seu dia sem a necessidade de reservar um tempo especificamente para o exercício”, afirmou o autor do estudo James Peterman à redação da University of Colorado.

Vale ressaltar que o estudo foi parcialmente financiado pela cidade de Boulder, a fim de ajudar a decidir se permitiria o uso de pedelecs para as ciclovias da cidade. Visto que uma pedelec tem grande parte das vantagens de uma bicicleta normal, viajando na mesma velocidade, ao mesmo tempo e ocupando o mesmo espaço que uma bicicleta normal, é difícil ver por que elas não deveriam ser permitidas. Especialmente se representam um carro a menos e um praticante de exercícios físicos a mais.

 

Voltar

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *