O que é e como se adquire a Doença Falciforme? - Blog Unicpharma
IStock 183273722

O que é e como se adquire a Doença Falciforme?

A doença falciforme é uma complicação médica hereditária causada por uma modificação no DNA humano. 

Pacientes portadores da doença, ao invés de produzirem a hemoglobina A nos glóbulos vermelhos, produzem a hemoglobina S, provocando uma modificação no formato das hemácias. 

Segundo o Ministério da Saúde, a doença é originária da África, mas pode ser encontrada em todo o mundo. Estima-se que, no Brasil, cerca de 3.000 crianças nasçam com a doença por ano, sendo a população negra a mais afetada. 

Qual é a diferença entre a Anemia Falciforme e o Traço Falciforme?

A anemia falciforme se desenvolve quando o indivíduo recebe dois genes modificados, sendo um proveniente do pai e o outro da mãe. Já o Traço Falciforme caracteriza-se apenas pelo recebimento de um gene modificado, seja ele proveniente do pai ou da mãe. 

Para diagnosticar a presença de doença falciforme, é necessário a realização do Teste do Pezinho logo nos primeiros dias de vida. Com o passar dos anos, todas as crianças que não realizaram o Teste e suspeitam da doença, devem realizar o exame conhecido como Eletroforese de Hemoglobina, capaz de identificar a doença ou apenas os seus traços. 

O que é a Talassemia?

A talassemia, assim como a anemia falciforme, é um tipo de anemia hereditária que ataca as hemoglobinas presentes no sangue. 

Em geral, existem duas formas de desenvolvimento da talassemia, sendo a primeira a talassemia alfa, que provoca mutação no cromossomo 16, e a segunda a talassemia beta, que provoca mutação no cromossomo 11. Em ambos os casos, essas mutações impedem que as hemoglobinas se desenvolvam corretamente, dando sinais de fadiga, fraqueza e anemia. 

Nos casos mais leves da doença, não há a necessidade de tratamento. Já em casos mais graves, pode haver a necessidade de transfusão de sangue ou transplante de células-tronco provenientes de um doador. 

Quais são os sintomas da Doença Falciforme?

A alteração no formato das hemácias dificulta a sua passagem pelos vasos sanguíneos, comprometendo a oxigenação dos tecidos do organismo. Essa complicação costuma desenvolver sintomas como:

  • Anemia;
  • Icterícia (pele e olhos amarelados); 
  • Dores nos músculos, ossos e articulações; 
  • Inchaço nos pés e nas mãos; 
  • Maior probabilidade de infecções;
  • Desidratação;
  • Estresse físico e emocional; 
  • Febre. 

Como funciona o tratamento da Doença Falciforme?

O tratamento do paciente com doença falciforme deve ser feito com acompanhamento médico para alívio dos sintomas e para a prevenção de complicações que provocam a modificação no formato das hemácias. 

Manter o calendário de vacina em dia, evitar atividades físicas intensas e manter-se hidratado são maneiras eficazes de tratar o avanço da doença. O uso de analgésicos para o controle das dores também é indicado. 

É importante ressaltar que o paciente portador precisa entender o que é a doença e seus fatores de risco, para que ele mantenha o cuidado necessário com a sua saúde. 

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *