Aprenda a lidar com artrite reumatoide e viva melhor - Blog Unicpharma
An Injured Hand Will Put An End To Most Workouts

Aprenda a lidar com artrite reumatoide e viva melhor

A artrite é a inflamação das articulações (juntas), cujos principais sintomas são: dor, rigidez articular, restrição de movimento, inchaço, calor e vermelhidão da pele ao redor da articulação. Existe diferentes tipos de artrite: artrite reumatoide é uma delas. Vamos saber mais!

O que é artrite reumatoide

De acordo como Ministério da Saúde, é uma doença autoimune, ou seja, surge do fato de o organismo desenvolver anticorpos contra as próprias células. A artrite reumatoide afeta principalmente as articulações das extremidades, como mãos e pés, além de tornozelos, punhos e joelhos.

De causa desconhecida, a artrite reumatoide acomete as mulheres duas vezes mais do que os homens. O problema se inicia geralmente entre os 30 e 40 anos e sua incidência aumenta com a idade.

Como saber se você tem artrite reumatoide?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), o diagnóstico de artrite reumatoide é feito quando pelo menos 4 dos seguintes critérios estão presentes por pelo menos 6 semanas:

  • Rigidez articular matinal durando pelo menos 1 hora;
  • Artrite em pelo menos 3 áreas articulares;
  • Artrite de articulações das mãos, no meio dos dedos e entre os dedos e mão;
  • Artrite simétrica (por exemplo, no punho esquerdo e no direito);
  • Presença de nódulos reumatoides;
  • Presença de fator reumatoide no sangue;
  • Erosões articulares ou descalcificações localizadas em radiografias de mãos e punhos.

O diagnóstico precoce e o início imediato do tratamento são fundamentais para o controle da artrite reumatoide, prevenindo incapacidade funcional e lesão na articulação. Portanto, se você se idêntica com os sintomas e critérios, procure um reumatologista para avaliação.

Tenho artrite reumatoide, e agora?

Em geral, é recomendado o tratamento com medicamento, que vai variar de acordo com o estágio da doença. Anti-inflamatórios e corticoides são os mais comuns. Em alguns casos, há indicação de tratamento cirúrgico.

Os especialistas da SBR explicam que fisioterapia e terapia ocupacional também contribuem para que as atividades de rotina não sejam tão prejudicadas e a pessoa tenha qualidade de vida.

O condicionamento físico, envolvendo atividade aeróbica, exercícios de força, alongamento e relaxamento, deve ser estimulado, respeitando as limitações de cada pessoa.

Lembrando que, na artrite reumatoide, assim como em várias outras doenças reumáticas crônicas, o acompanhamento do médico reumatologista é imprescindível e deve ser contínuo.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *