Saiba tudo sobre o uso do Orlistate - Blog Unicpharma
Orlistate

A obesidade é um problema que acomete pessoas de diversas idades e com diversos perfis. Em alguns casos, ele se desenvolve a ponto de gerar fatores de risco para os pacientes.

Durante o tratamento, o Orlistate pode ser um medicamento indicado pelo especialista. Em conjunto com uma dieta de baixas calorias, o resultado costuma ser bastante positivo, assim como rápido.

Mas qual é o seu efeito? Existe alguma contraindicação? Essa e outras informações sobre o uso você conhece com a leitura deste artigo.

Como o medicamento funciona?

O Orlistate age diretamente no sistema digestivo do paciente. Sua principal missão é impedir que 30% da gordura presente na alimentação diária seja absorvida em cada refeição. Todo o excesso, por sua vez, passa a ser eliminado nas fezes.

O organismo do usuário, então, deixa de armazenar uma grande quantidade de gorduras por refeição. Deste modo, há a redução de peso, a prevenção em relação ao ganho de um novo peso e a diminuição de fatores de risco, como o diabetes, o colesterol e a hipertensão.

Qual é a ação esperada do Orlistate?

O efeito do Orlistate pode ser constatado em até 48 horas depois de sua administração. A perda de peso e os demais benefícios do medicamento começam em cerca de duas semanas de tratamento.

É muito importante, porém respeitar a dose diária de 120mg em cápsula. Ela deve ser tomada durante ou, pelo menos, uma hora após cada uma das três refeições principais do dia.

Existe alguma contraindicação?

Como qualquer medicamento, existem algumas contraindicações para uso do Orlistate. Pacientes com síndrome de má absorção crônica, redução do fluxo biliar (colestase) ou hipersensibilidade à composição da fórmula não devem ingerir.

Algumas reações adversas também são bastante comuns durante o tratamento, como gases, dor abdominal, fezes líquidas, dor de cabeça e hipoglicemia. Daí a importância de um acompanhamento profissional para controlar melhor esses sintomas.

Caso você se esqueça de tomar uma das doses, faça isso o mais rápido que você puder em sua refeição seguinte. Depois, retorne ao esquema habitual. Jamais tome doses duplicadas e, diante do esquecimento de mais doses, é melhor procurar orientação médica para o reajuste do tratamento.

Como fazer um uso sempre seguro?

Caso você não receba a indicação de um médico para uso do Orlistate, o que é mais indicado, informe sempre ao seu médico pessoal sobre o uso. Especialmente se você tiver algum tipo de alergia, seja a medicamentos ou alimentos, entre outros.

Procure também por um nutricionista para definir as recomendações ideais para sua alimentação. Como eventos gastrointestinais são comuns no tratamento, é preciso ter bastante cuidado com essa questão.

Usar Orlistate, como é possível perceber, traz inúmeros benefícios no combate ao sobrepeso e obesidade. Desde que o paciente se comprometa a respeitar o uso e a dosagem, não há dúvidas de que os resultados serão excelentes.

Conseguiu tirar suas dúvidas acerca do assunto com a leitura deste artigo? Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais para que mais pessoas se informem e invistam de forma consciente nesse medicamento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *