Carboidratos do bem: saiba quais são - Blog Unicpharma
Sweet Potato Candy

Carboidratos do bem: saiba quais são

Essenciais para o bom funcionamento do organismo, os carboidratos devem ser consumidos de forma adequada

Carboidratos são nutrientes presentes no grupo dos alimentos energéticos, ou seja, aqueles que geram energia para o corpo. É muito comum que eles sejam associados ao ganho de peso, e isso até tem um pouco de verdade. Mas é importante esclarecer que os carboidratos do bem não só podem como devem fazer parte de um estilo de vida saudável.

Quais são os carboidratos do bem?

A principal recomendação do Ministério da Saúde para manter uma alimentação adequada é apostar nos alimentos in natura como base das suas refeições. Essa orientação já dá uma bela pista de como descobrir os carboidratos do bem. Frutas, cereais (arroz, trigo, centeio, aveia) e vegetais (batatas inglesa, baroa e doce, mandioca, inhame) são exemplos.

Pão, macarrão e massas em geral costumam vir à mente quando se fala no assunto. A associação está correta, mas, nesse caso, vale atentar para um detalhe importante para que esses alimentos sejam carboidratos do bem: a presença de fibras.

Naturalmente presentes nos alimentos in natura, as fibras “seguram” o açúcar dos carboidratos durante a digestão, evitando picos de glicemia. Além de estimularem o acúmulo de gordura corporal, esses picos são ruins para a saúde de todo mundo e devem ser evitados sempre que possível. É daí que vem a recomendação de se priorizar o consumo de alimentos integrais.

As massas integrais são feitas com farinhas menos processadas, ou seja, que preservam boa parte das fibras naturais dos cereais. Por isso, também acabam sendo exemplos de carboidratos do bem que você pode incluir na sua rotina, se possível com orientação de um nutricionista.

Conheça os benefícios!

Indispensáveis para o bom funcionamento do organismo, os carboidratos do bem aumentam a energia e a disposição, estimulam a sensação de bem-estar, participam da regulação hormonal e favorecem o funcionamento do cérebro.

Além disso, os carboidratos são a principal fonte de energia para os músculos, ou seja, quando consumidos adequadamente na rotina de alguém que pratica exercícios, podem ser de grande ajuda para melhorar o preparo físico.

Sobre o fato de causarem aumento de peso, os especialistas do Ministério da Saúde explicam que é algo relativo. Isso depende não só da quantidade, mas também da forma como esses nutrientes são consumidos. A tapioca é um bom exemplo. Presente na lista de carboidratos do bem, é um alimento nutritivo, mas quando consumido de forma inadequada (com manteiga, leite condensado, carnes gordas), pode não ser tão benéfico assim para a saúde. É uma questão de escolha!

Como manter uma alimentação saudável

Pensando em ajudar você a ter um estilo de vida saudável, o Ministério da Saúde dá dicas práticas importantes:

  •       Utilize óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos e criar preparações culinárias;
  •       Coma com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, com companhia;
  •       Quando fora de casa, dê preferência a locais que servem refeições feitas na hora;
  •       Seja crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculadas em propagandas comerciais.
  •       Priorize alimentos in natura (banana, tomate, abóbora, batata e caju);
  •       Consuma os alimentos minimamente processados (feijão, arroz, farinha de mandioca, suco de caju, carnes e pescados frescos);
  •       Use os alimentos processados (carne seca, pães feitos farinha de trigo, queijos, frutas cristalizadas) com moderação;
  •       Evite ao máximo os alimentos ultraprocessados (biscoitos recheados, salgadinhos, refrigerantes, macarrão instantâneo e cereais açucarados).

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *