Tratar Pele Oleosa

A principal característica da pele oleosa é a sua produção de sebo acima do normal. Esse é um produto que cobre a pele como forma de proteção. Mas quando surge em grandes quantidades, dá origem a uma aparência brilhosa e quase molhada. É um quadro que favorece o surgimento de acne e de outros problemas. Então, saber como tratar pele oleosa é essencial.

Os cuidados certos fazem toda a diferença porque ela é, sim, delicada. Qualquer desequilíbrio vai impactar as glândulas sebáceas e impedir que você conquiste o resultado esperado.

Para não errar, veja como tratar pele oleosa e crie a melhor rotina para deixar a região do jeito ideal!

Use produtos específicos para esse tipo de pele

A pele oleosa tem algumas características únicas, por isso, precisa de itens feitos para ela. Os itens na consistência de gel, por exemplo, evitam adicionar oleosidade e atuam da maneira certa na cútis. Também é importante optar por produtos oil free e com toque seco, como acontece com o filtro solar.

No caso dos produtos de limpeza, como os sabonetes, eles devem ter ativos diferenciados. A presença de alguns componentes, como o ácido salicílico, garante a higienização profunda, adequada e de acordo com as necessidades específicas.

Limpe a pele sem exagerar

Depois de um dia inteiro, é essencial limpar o rosto antes de dormir. Para tratar pele oleosa, isso é ainda mais importante. Afinal, qualquer obstrução pode se transformar em cravos ou espinhas.

No entanto, é indispensável não exagerar na limpeza. Lavar o rosto várias vezes ao dia só vai fazer com que a pele fique seca e com que as glândulas entendam que é preciso produzir mais sebo. Em vez de cuidar dessa condição, você vai piorá-la. Portanto, deixe para lavar somente ao acordar e no final do dia.

Não se esqueça da hidratação ao tratar pele oleosa

Um dos mitos que cercam a pele oleosa é a ideia que ela já é “naturalmente hidratada”. Ainda que o sebo funcione como uma proteção extra para a região, não significa que ele tenha propriedades hidratantes. Ao não se preocupar com a tarefa, novamente, a pele produz mais sebo que o normal.

O truque é não utilizar produtos que ressequem ou deixe a pele ressecada e apostar em hidratantes específicos. Use ao menos uma vez por dia, mas reaplique se sentir que a cútis precisa de uma atenção extra.

Tenha cuidado com a sua alimentação

Todas essas dicas permitem tratar pele oleosa de fora para dentro. Mas você sabia que também é importante pensar no caminho oposto? Para tanto, o cuidado deve ser destinado à sua alimentação.

Evite alimentos muito gordurosos ou que ajudem a aumentar a produção sebácea. Em vez disso, aposte nos adstringentes, antioxidantes e com boas propriedades de regulação corporal. Além de fazer bem para todo o organismo, é um jeito de conseguir resultados melhores para controlar o brilho excessivo.

Como já deu para perceber, tratar a pele oleosa não é tão difícil assim. Com o auxílio dos produtos e mudança de hábitos, como retirar a maquiagem a noite, já fazem a diferença. Com essas dicas, você terá uma cútis mais saudável, bonita e longe do brilho em excesso!

Para ter muitas outras recomendações como essas, assine nossa newsletter e não perca nenhuma novidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *