6 recomendações médicas para manter o rim saudável - Blog Unicpharma
IStock 514054210

6 recomendações médicas para manter o rim saudável

Por ser um órgão vital para o ser humano, todo cuidado é pouco quando se trata da saúde dos rins.

Dentre as suas principais funções, os rins são responsáveis por filtrar o sangue e eliminar substâncias prejudiciais do organismo. Eles também ajudam a regular o pH sanguíneo e a produção de hormônios essenciais para o corpo. 

De acordo com informações do Ministério da Saúde, a DRC, conhecida como Doença Renal Crônica, é uma das complicações médicas mais sérias que acometem os rins. Segundos dados divulgados pelo órgão, a doença tem maior predominância no sexo masculino com taxa de crescimento anual de 2,2%. Por ser um mal silencioso, muitos pacientes desconhecem que têm a doença, até a descobrirem em estágio avançado. 

Entre outras complicações que também acometem os rins estão o câncer de rim, os cistos renais e a insuficiência renal. 

O não tratamento adequado destas doenças prejudica o funcionamento do órgão, provocando danos graves em suas estruturas e no seu equilíbrio. 

O que fazer para manter o rim saudável?

Existem algumas recomendações médicas importantes, que ajudam a manter a saúde dos rins em dia. Veja abaixo as seis dicas que separamos: 

1. Alimente-se corretamente

Fuja dos industrializados e das comidas gordurosas e pesadas. O sobrepeso é inimigo da saúde dos rins, principalmente por causa do excesso de sódio e colesterol no sangue. O ideal é manter uma dieta equilibrada, sem exageros e repleta de frutas, verduras e legumes. 

2. Hidrate-se todos os dias

Beber em média 2 litros de água por dia ajuda os rins a filtrar as substâncias nocivas à saúde do corpo. Então, não se esqueça de estar sempre com a sua garrafinha de água por perto.

3. Fique de olho na diabetes e na pressão

Tanto a diabetes quanto a hipertensão são doenças perigosas para o desenvolvimento de complicações renais. A pressão alta, por exemplo, altera o calibre das veias onde o sangue circula, bloqueando a passagem do líquido pelos rins. 

Dessa maneira, é muito importante ficar atento aos sintomas destas doenças e aos seus tratamentos regulares. 

4. Nada de álcool em excesso

Pequenas doses de bebidas alcoólicas podem até ajudar no funcionamento dos rins, porém esse consumo deve ser controlado.

A alta ingestão de álcool pode provocar hipertensão, que em seu estágio avançado, tende a afetar os rins negativamente. 

5. Evite cigarros

O fumo é um dos males que mais assombram a saúde do corpo humano. Assim como o álcool, o cigarro pode provocar o surgimento de doenças crônicas como a hipertensão e, futuramente, causar sérios danos aos rins. 

6. Consulte um especialista regularmente

Consultar um nefrologista regularmente é tão importante para a saúde dos rins quanto os cuidados diários descritos acima.

Realizar check-ups também é essencial para prevenir e diagnosticar doenças nos rins precocemente. E lembre-se: o diagnóstico tardio diminui as chances de cura de qualquer complicação médica. 

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *