O que é trombose intestinal? - Blog Unicpharma
IStock 910590294

O que é trombose intestinal?

A interrupção da circulação sanguínea no intestino pode levar a uma infecção generalizada com risco de morte

A trombose ocorre quando há formação de um coágulo sanguíneo em uma ou mais veias grandes. Em geral, forma-se nas pernas e nas coxas, mas pode acontecer em outras regiões do corpo, bloqueando o fluxo de sangue e causando inchaço e dor na região.

De acordo com o Ministério da Saúde, o problema maior é quando um coágulo se desprende e se movimenta na corrente sanguínea, em um processo chamado de embolia. Uma embolia pode ficar presa no cérebro, nos pulmões, no coração ou em outra área, levando a lesões graves.

O que causa da trombose intestinal

A trombose intestinal acontece quando um coágulo entope um vaso sanguíneo, bloqueando a passagem do sangue. Com isso, a irrigação de parte do intestino é comprometida e, com a falta de sangue, começa a necrosar (ou seja, o tecido morre).

As principais causas da trombose intestinal são hipercoagulabilidade do sangue (tendência aumentada de formação de coágulos no sangue); dano, trauma ou infecção nas paredes dos vasos sanguíneos; lentidão ou estagnação do fluxo sanguíneo provocado por alguma anomalia na coagulação sanguínea.

Pessoas que são mais velhas, tabagistas, com predisposição genética à trombose, que têm hemorroidas e precisam fazer um grande esforço físico para evacuar ou carregam peso excessivo com frequência, e essas são as que correm mais risco de desenvolver a trombose intestinal.

O que acontece na trombose intestinal

Fortes dores, sensação de queimação e inchaço na região abdominal são os principais sintomas da trombose intestinal. Esse inchaço, em geral, acontece porque há acúmulo de bactérias intestinais, que se proliferam e produzem gases.

Se o problema não for tratado adequadamente, essa parte do intestino cheia de gases se rompe, derramando sangue e fezes na cavidade abdominal. O resultado pode ser uma infecção generalizada gravíssima chamada sepse que pode levar à morte.

Por conta da sua gravidade, a trombose intestinal deve ter um diagnóstico rápido e preciso. Portanto, se você se identifica com os sintomas ou está entre as pessoas que correm mais risco de sofrer com o problema, consulte um gastroenterologista.

Tem como prevenir

De acordo com os especialistas, a trombose intestinal pode ser prevenida com alimentação saudável, rica em fibras, adequada ingestão de líquidos e prática regular de exercícios para um bom funcionamento do intestino.

Lembrando que quem está no grupo de risco para o desenvolvimento de trombose intestinal deve manter exames de rotina e consultas ao gastroenterologista sempre atualizados.

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *