Dormência nas mãos pode indicar a síndrome do túnel do carpo - Blog Unicpharma
Sindrome Do Tunel Do Carpo 0f16683212ce4ca4c6d5badf9d2835aed6716ac2

Dormência nas mãos pode indicar a síndrome do túnel do carpo

A síndrome do túnel do carpo é uma condição que provoca dormência nas mãos, podendo impactar seriamente na qualidade de vida. Caracterizada pela compressão do nervo mediano, que percorre um canal no punho, chamado de túnel do carpo, essa síndrome é normalmente provocada pela Lesão do Esforço Repetitivo (LER), gerada por movimentos repetitivos, como digitar. 
Os sintomas, caracterizados por dormência nas mãos, queimação e formigamento, geralmente aparecem durante à noite. À medida que essas sensações pioram, é comum o indivíduo ter dificuldade para segurar objetos e realizar tarefas manuais. 
Em casos crônicos e/ ou não tratados, os músculos das bases dos dedos podem perder totalmente a sensibilidade e a pessoa deixa de distinguir o quente do gelado, por exemplo. 
Além de movimentos repetitivos e manuais configurarem a principal causa para a síndrome, outros fatores também podem contribuir para o desenvolvimento dessa condição, como traumas no pulso; alterações endócrinas; artrite reumatoide; e estresse. Muitas vezes, a causa não é identificada.
Quem está em risco? 
As mulheres são três vezes mais propensas que os homens a desenvolver a síndrome do túnel do carpo, talvez porque o próprio túnel do carpo seja menor. A mão dominante geralmente é afetada primeiro e produz a dor mais intensa.  
Diabéticos ou portadores de outros distúrbios metabólicos que afetam diretamente os nervos do corpo e os tornam mais suscetíveis à compressão também estão em alto risco. A síndrome do túnel do carpo geralmente ocorre apenas em adultos.
O risco de desenvolver a síndrome do túnel do carpo não se limita a pessoas em uma única indústria ou trabalho, mas é especialmente comum naqueles que trabalham com linhas de montagem – fabricação, costura, etc. 
Diagnóstico 
O diagnóstico da síndrome do túnel do carpo é realizado com base na análise clínica do paciente e em exames como eletroneuromiografia, raios-X, ultrassom e ressonância magnética. 
Tratamento 
O tratamento para essa condição deve começar o quanto antes para minimizar o desconforto da dormência nas mãos e evitar a progressão do quadro. As causas subjacentes, como diabetes ou artrite, devem ser tratadas primeiro. 
O tratamento da síndrome do túnel de carpo consiste em repouso (o paciente deve interromper as atividades que levaram ao problema), administração de medicamentos e fisioterapia. Quando o paciente não responde a essas medidas conservatórias, pode ser recomendada a cirurgia. 
É possível prevenir a síndrome do túnel de carpo? 
No ambiente de trabalho, procure realizar alongamentos antes e depois de concluir suas tarefas. Além disso, é importante manter a postura ereta e garantir que a posição dos pulsos esteja neutra, sem forçar os movimentos. Ao trabalhar com o computador, mantenha os pulsos e cotovelos alinhados. 

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *