É dia de lasanha, mas e a dieta? - Blog Unicpharma
Receitas Lasanha

É dia de lasanha, mas e a dieta?

O tão esperado almoço de domingo chega e é hora de pensar no prato que deixará o resto da família com água na boca só de bater os olhos. Surge então a receita coringa para o almoço do fim de semana: lasanha!

Mas, junto com o cardápio, aparece a dúvida: será que consigo seguir firme na dieta e não passar nem perto da massa? Justiça seja feita, não é fácil seguir um regime quando a tentação está ao alcance das mãos. Segundo a nutricionista, Roberta Stella, as massas tem menor quantidade de água em relação a outros alimentos.

Por isso, os nutrientes que fornecem calorias ficam mais concentrados como é o caso de carboidratos, proteínas e gorduras e o valor calórico aumenta. “Além disso, dependendo do recheio e molho escolhidos, as calorias vão às alturas”, salienta a especialista.

A seguir, a nutricionista dá algumas dicas para se deliciar sem prejudicar a dieta.

Não vá à mesa com fome

Se a lasanha é o prato do dia, faça um pequeno lanche entre o café da manhã e o almoço caso ela seja consumida no almoço ou entre o almoço e o jantar se ela for ser consumida à noite. “Assim, a fome não ficará acumulada para o momento da refeição principal”, explica a nutricionista.

Comece a refeição com pratos leves

Antes da lasanha, consuma um prato de salada ou legumes. Eles irão proporcionar maior saciedade e farão com que a massa não seja consumida em excesso.

Vai uma salada aí?

Será que comer só a lasanha vai prejudicar muito o regime? O prato precisa de acompanhamentos escolhidos cuidadosamente, caso contrário não faz tanto sentido escolher uma lasanha magra. A nutricionista do MinhaVida sugere saladas, legume e carnes grelhadas para acompanhar a massa.

Molhos

A massa é campeã em molhos calóricos e o mais utilizado não está fora da lista: o molho à bolonhesa. A combinação de extrato de tomate com carne moída eleva as calorias de forma que todo o esforço que vem sendo feito pode ir por água abaixo por culpa de um único prato.

Quando o molho é essencial no prato, a dica é apostar somente no extrato de tomate, ou qualquer combinação de quatro queijos e molho branco. “A carne em si não é calórica, mas geralmente vem acompanhada de gordura, e é aí que a dieta sai prejudicada”, explica Roberta Stella.

Recheios

As possibilidades são infinitas para deixar a lasanha ao gosto do freguês: tem de frango, atum, presunto e queijo, legumes e outro leque de possibilidades.

Quando a escolha são os legumes, a dica é optar pelo que mais agrada ao paladar. Já no uso de queijos, dê preferência aos menos calóricos, como ricota e cottage e, quando a opção forem os frios, escolha o presunto sem capa de gordura ou o peito de peru.

Hora da Sobremesa

É certo que o almoço de domingo será recheado de sobremesas agradáveis aos olhos e ao paladar – porém igualmente calóricas. Se você já optou pela massa, dispense os doces na sobremesa. “Prefira frutas in natura ou saladas de frutas simples sem creme de leite, leite condensado ou chantilly”, aconselha Roberta.

Não abuse

A lasanha é um prato atraente, isso é fato. Dessa forma, é preciso estabelecer estratégias para que o regime não fique afetado. Um pedaço acompanhado de salada já basta para matar a sua fome e ainda por cima não ficar passando vontade.

 

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *