O que pode causar dor no corpo - Blog Unicpharma
Shutterstock 306087068

O que pode causar dor no corpo

A dor no corpo é um sinal de que algo não vai bem com o nosso organismo. Nem toda dor significa um problema mais sério de saúde, mas em alguns casos, é preciso ficar alerta. Uma dor muscular, por exemplo, pode ser ocasionada por uma distensão, ou um sinal de que você pegou pesado nas atividades físicas. Essa dor costuma passar logo, mas há outras dores que podem indicar a presença de infecções, inflamações ou doenças mais preocupantes.

Dor no corpo pode ser um sinal de vários problemas de saúde

Temperaturas baixas, por exemplo, podem causar dores, principalmente nas pessoas mais velhas. Pesquisas mostram que a incidência de dores musculares aumenta em até 20% nesta época do ano.
Outro problema que pode causar dor no corpo, principalmente nos músculos e articulações, é o hipotireoidismo, quando tudo começa a funcionar mais lentamente no organismo: o coração bate mais devagar, o intestino prende e o crescimento pode ficar comprometido. Doenças como fibromialgia também causam dor no corpo, muitas vezes generalizada, além de fadiga, dor de cabeça e distúrbios do sono. Nesse caso, a dor costuma durar mais de três meses.
Infecções virais como gripes ou dengue podem provocar dor no corpo. Depressão, estresse, cansaço extremo, lesões de esforço, má postura e sedentarismo também. Por isso, procure o médico se a dor for acompanhada de febre, manchas no corpo ou lesões de pele, e se for generalizada, acompanhada de dor de cabeça, problemas urinários e intestinais e transtornos do sono.
Já a dor nas costas, muito comum na maioria das pessoas, pode ser apenas reflexo da má postura ou cansaço, mas se ela é persistente e não melhora em poucos dias, fique atento, principalmente se ela vier acompanhada de dormência, fraqueza, formigamento, perda de movimentos e alterações nos hábitos urinários e intestinais, pois pode ser um sinal de hérnia de disco.
Dores nos pés também podem ser bem comuns. Cansaço e sapatos altos ou apertados são as principais causas, mas elas podem ser um sinal de algo um pouco mais sério se costumam aparecer só quando você coloca o pé no chão. Nesse caso, pode ser tendinite ou fascite plantar. Se o problema estiver no dedão do pé, que está inchado, vermelho e sensível, há chances de ser gota, uma inflamação das articulações que ocorre quando há excesso de ácido úrico no organismo. Caso você seja diabético, fique ainda mais atento a qualquer sinal de dor, formigamento ou insensibilidade.
E se você faz uso de estatinas para controlar o colesterol, saiba que um dos efeitos colaterais desses medicamentos é a dor no corpo, além de fraqueza.

Diagnóstico e tratamento

Ao sentir dor por tempo prolongado – a partir de três ou quatro dias -, procure um médico que atue na área de clínica geral para fazer um diagnóstico correto e prescrever o tratamento adequado para o seu caso. Geralmente, as dores são tratadas com medicamentos anti-inflamatórios, fisioterapia, RPG e terapias de relaxamento. A prática regular de atividades físicas também pode ajudar a evitar as dores e a agilizar o processo de recuperação. Mas nunca se automedique, pois isso pode mascarar uma situação mais séria e agravar o quadro.

 

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *